A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 23 de Agosto de 2019

14/06/2019 14:46

Mulher dirige ônibus de MS ao PR com 1,8 t de maconha até ser presa pela PRF

Ela foi abordada na BR-487 em Alto Paraíso (PR) após agentes suspeitarem da motorista

Ronie Cruz
Policiais suspeitaram da motorista durante abordagem e resolveram verificar (Foto: Divulgação)Policiais suspeitaram da motorista durante abordagem e resolveram verificar (Foto: Divulgação)

A motorista de um ônibus foi presa em Alto Paraíso, na região noroeste do Paraná, com 1,8 tonelada de maconha que saiu de Ponta Porã, na fronteira com o Paraguai em sul de Mato Grosso do Sul. Segundo a PRF (Polícia Rodoviária Federal), a droga estava escondida em compartimentos secretos do ônibus.

Conforme reportagem publicada pelo jornal Estadão, os policiais abordaram o veículo em frente à Unidade Operacional Porto Camargo na BR-487, em solo paranaense. Eles resolveram fazer uma busca minuciosa no ônibus depois que suspeitaram da motorista durante a abordagem.

A mulher de 36 anos não possui habilitação  já havia sido presa pelo menos duas vezes por tráfico de drogas. Após dizer que a droga tinha origem na fronteira do Brasil com o Paraguai, ela afirmou que levaria a carga ilícita até Marília, no interior de São Paulo.

A ocorrência foi encaminhada pela PRF para a delegacia de Polícia Civil de Xambrê. Caso seja condenada pelo crime de tráfico de drogas, a mulher oode pegar pena de cinco a 15 anos de prisão.

Outra prisões
Nas outras duas vezes que foi presa por tráfico de drogas a mulher também foi abordada pela PRF e a droga também era transportada em compartimentos secretos. 

A primeira vez foi em março de 2011 quando ela e o marido foram detidos  transportando 42,8 quilos de maconha na BR-101, em Biguaçu (SC). Na segunda, agentes da PRF flagraram a mulher com 19,4 quilos de maconha, três quilos de haxixe, 11,3 quilos de pasta base de cocaína e 3,2 quilos de cloridrato de cocaína, em Teodoro Sampaio (SP).

Veja o vídeo:

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions