A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Junho de 2017

18/08/2015 15:34

Mulher tira a roupa para passar em porta giratória do Banco do Brasil

Edivaldo Bitencourt
Mulher tira a roupa e só fica com roupas íntimas para entrar em agência (Foto: Direto das Ruas)Mulher tira a roupa e só fica com roupas íntimas para entrar em agência (Foto: Direto das Ruas)

Zenilda Duarte Paulino, 52 anos, ficou revoltada ao ser barrada pelo detector de metais e tirou a roupa para passar pela porta giratória e trocar um cheque na agência do Banco do Brasil de Aquidauana, a 135 quilômetros da Capital. Segundo o site O Pantaneiro, o fato ocorreu na manhã desta terça-feira (18).

Em entrevista ao site, ela contou que retirou a maioria dos objetos, mas a porta continuava apitando. Ela retirou todo o material no balcão, mas foi impedida de entrar com a bolsa. Então, Zenilda tirou toda a roupa, ficou de calcinha e sutiã para entrar no banco.

“Foi vergonhoso e humilhante, eu, uma mulher de 52 anos, que mora aqui e sou conhecida por todos, ter que expor o meu corpo desta maneira, ficando de calcinha e sutiã”, contou. Ela disse que ficou muito nervosa pelo tratamento ríspido dos seguranças do banco.

Apesar da ameaça dos vigilantes de acionar a polícia, Zenilda não se vestiu e trocou o cheque seminua. Ela contou que chorou após deixar a agência. A Polícia Militar a ajudou a colocar as roupas.

Zenilda disse que ficou com medo de deixar a bolsa do lado de fora porque a agência tinha muito movimento naquele horário. Ela foi até a delegacia da Polícia Civil e registrou boletim de ocorrência contra o Banco do Brasil.

Segundo a advogada Letuza Becker Vieira, a sua cliente foi tratada sem respeito. Ela deverá ingressar na Justiça para cobrar indenização pelos danos morais sofridos por Zenilda.

Letuza ressalta que o objetivo não é enriquecer às custas do banco, mas lutar para que esse tipo de situação não volte a acontecer. “Isto é a típica falha de prestação de serviços, falha no atendimento do banco”, acrescenta.

O Banco do Brasil prometeu se manifestar ainda hoje sobre o incidente.

Adolescente é apreendido após decepar orelha de homem em aldeia
Um adolescente de 13 anos foi apreendido após decepar parte da orelha de um homem na noite de sábado (24) na aldeia Bororó em Dourados, a 233 km de C...
Homem é esfaqueado após defender irmã de ex-cunhado durante discussão
Um homem de 29 anos foi ferido com duas facadas após defender sua irmã, que é ex-namorada do suspeito, durante uma discussão no inicio da manhã deste...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions