A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

12/08/2016 11:47

Município de prefeito assassinado há uma semana terá nova eleição

Eleição em Bella Vista Norte foi marcada ontem pelo Tribunal de Justiça Eleitoral do Paraguai, onde não existe cargo de vice-prefeito

Helio de Freitas, de Dourados
Miguel Louteiro foi executado a tiros na sexta-feira passada (Foto: Divulgação)Miguel Louteiro foi executado a tiros na sexta-feira passada (Foto: Divulgação)
Gustavo Mendoza assumiu prefeitura interinamente (Foto: João Carlos Velasquez)Gustavo Mendoza assumiu prefeitura interinamente (Foto: João Carlos Velasquez)

Bella Vista Norte, cidade paraguaia vizinha de Bela Vista (MS), a 322 km de Campo Grande, terá eleição em outubro para escolher o novo intendente (equivalente a prefeito) que vai assumir a cadeira de Miguel Louteiro, executado a tiros no dia 5 deste mês. A decisão foi tomada ontem (11) pelo Tribunal Superior da Justiça Eleitoral do Paraguai.

Eleito no ano passado, Louteiro não chegou a cumprir sete meses do mandato de cinco anos e foi morto por pistoleiros quando vistoriava a construção de uma ponte de madeira a 50 km da fronteira, na colônia Santa Ana. O assessor dele, Celso Carballo, também foi morto.

Na noite de terça-feira (9), o paraguaio Roberto Carlos Rodríguez González, 40, acusado de ser um dos pistoleiros que mataram Miguel Louteiro e Celso Carvallo, foi preso em Pedro Juan Caballero após sua mulher negociar a rendição com o Ministério Público daquele país.

No Paraguai, os prefeitos não possuem vice, como ocorre no Brasil. Após a execução de Louteiro, o cargo foi assumido interinamente pelo presidente da Câmara de Vereadores, Gustavo Adolfo Gonzáles Mendoza, que assim como o prefeito morto é do Partido Colorado.

Nesta quinta, a Justiça Eleitoral decidiu convocar novas eleições municipais em Bella Vista Norte, que faz parte do departamento (estado) de Amambay.

Campanha de 45 dias - As prévias internas dos partidos para escolher os candidatos foram marcadas para o dia 25 de setembro. Depois disso, os candidatos terão 45 dias para fazer campanha e no dia 30 de outubro os sete mil eleitores de Bella Vista Norte voltam às urnas para eleger o novo prefeito, que ficará no cargo até dezembro de 2020.

A proclamação do candidato eleito será em cerimônia pública, na sede do tribunal eleitoral, em 3 de novembro deste ano, e a posse do novo prefeito foi agendada para o dia seguinte.

Devem disputar a eleição os partidos Colorado e Liberal – rivais históricos no Paraguai – e o Partido Democrático Progressista. Bella Vista Norte tem dez mil habitantes. A Câmara tem 12 vereadores.

Como o presidente da Câmara assumiu interinamente a prefeitura, o Legislativo está sendo presidido por Eladio Cristaldo, também do Partido Colorado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions