A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 28 de Junho de 2017

22/06/2015 13:47

Operação apreende 3 toneladas de produtos que eram vendidos no interior

Priscilla Peres
Produtos eram comercializados de maneira irregular. (Foto: Divulgação)Produtos eram comercializados de maneira irregular. (Foto: Divulgação)
Vigilância Sanitária descartou os produtos apreendidos. (Foto: Divulgação)Vigilância Sanitária descartou os produtos apreendidos. (Foto: Divulgação)

A Decon (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra as Relações de Consumo) apreendeu 3 toneladas de produtos impróprios para consumo, que estavam sendo vendidos em cinco cidades e três distritos de Mato Grosso do Sul. A ação aconteceu durante a semana passada e oito pessoas serão investigadas.

Junto com a Delegacia, a Vigilância Sanitária e o Iagro ( Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) percorreram entre os dias 16 e 20 de junho, os municípios de Corguinho, Rochedo, Anhandui (distrito), Cipolandia (distrito), Brasilandia, Santa Rita do Pardo e Bataguassu.

No total, 8 pessoas foram flagradas cometendo o crime de comércio de substância impropria para o consumo. Entre o que foi apreendido estão carnes abatidas sem fiscalização e diversos produtos próximos da validade, além de estar sendo armazenados de maneira inadequada. Todos em desacordo com a legislação sanitária.

A Operação também aproveitou para orientar os responsáveis pelos estabelecimentos fiscalizados sobre a manipulação e armazenamento de gêneros alimentícios, dentro das normas sanitárias vigentes, de modo que respeite os consumidores.
O delegado responsável pela ação, Elton de Campos explica que esse tipo de operação é realizado rotineiramente, sempre com o objetivo de fiscalizar e educar os empresários. O material recolhido é encaminhado para a Vigilância Sanitária que se encarrega da destinação correta.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions