ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, SEGUNDA  17    CAMPO GRANDE 34º

Interior

Perícia encontra sangue de mulher assassinada em carro lavado por mecânico

Resultado também foi positivo na oficina onde o casal foi visto junto pela última vez

Por Ana Oshiro | 12/08/2021 09:37
Peritos encontraram sangue no porta-malas do carro de acusado. (Foto: Divulgação)
Peritos encontraram sangue no porta-malas do carro de acusado. (Foto: Divulgação)

José Edilson Ramo da Silva, auxiliar de mecânico, de 34 anos, acusado de matar a esposa Elisiane da Silva Alves, de 40 anos, tentou apagar as provas do assassinato lavando o local do crime e o carro usado para transportar o corpo da vítima,

A Polícia Civil realizou perícia nos dois locais na noite desta quarta-feira (11), de acordo com o delegado responsável pela investigação, Felipe Potter, os peritos ficaram até 23h30 trabalhando.

Os vestígios de sangue foram encontrados com ajuda do luminol, o resultado deu positivo para o porta-malas do veículo e também para a oficina onde José trabalhava e onde o casal foi visto pela última vez, no dia 1º de agosto, noite do crime.

Sangue foi colhido e passará por exames de DNA. (Foto: Divulgação)
Sangue foi colhido e passará por exames de DNA. (Foto: Divulgação)

"Apesar dos dois locais terem sido lavados, o luminol revelou a presença de sangue, que foi colhido pelos peritos e agora, passará por exame de DNA, para confirmar se é mesmo de Elisiane", disse o delegado ao Campo Grande News.

Quando foi preso, no dia 5 de agosto, o acusado ainda tentou incriminar outra pessoa, conhecida como "baianinho", dizendo que ele matou Elisiane perto de um bar. A perícia também realizou testes nesse local, mas o resultado foi negativo para presença de sangue.

Crime - Elisiane estava desaparecida desde o dia 1º de agosto, o registro de desaparecimento foi feito por amigas da vítima, que já haviam apontado José Edilson como suspeito pelo sumiço de Elisiane.

José confessou o crime para a família, mas para a polícia, negou que tenha matado a esposa. O corpo da vítima foi encontrado em uma vala de lavoura, o marido confessou que enterrou a esposa.

Elisiane tinha 40 anos e foi morta pelo companheiro. (Foto: Redes Sociais)
Elisiane tinha 40 anos e foi morta pelo companheiro. (Foto: Redes Sociais)


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário