ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, QUARTA  26    CAMPO GRANDE 31º

Interior

Polícia conclui que bebê foi atropelado pela irmã de 12 anos por acidente

Por Fernando da Mata | 22/03/2012 16:28

Veículo que atropelou bebê (Foto: Jornal da Nova)
Veículo que atropelou bebê (Foto: Jornal da Nova)

Depois de ouvir depoimentos, a Polícia Civil concluiu que o atropelamento de bebê de dez meses pela irmã de 12 anos, em Nova Andradina, a 300 km de Campo Grande, foi totalmente acidental.

Segundo o titular da 1ª Delegacia de Polícia Civil de Nova Andradina, delegado André Luiz Noveli, apesar de ter sido um acidente, a responsabilidade foi toda da adolescente, por isso só ela responderá pelo atropelamento.

“Ela ia limpar a garagem, por isso foi tirar o carro. Hove um descuido”, afirmou o delegado. Por enquanto, a menina será responsabilizada por ato infracional de lesão corporal culposa na direção de veículo automotor.

O acidente aconteceu na tarde de terça-feira (20), no assentamento Santa Olga. Na ocasião, a adolescente manobrava o veículo de marcha ré quando atropelou o bebê, que tem dez meses.

A criança foi socorrida para o Hospital Regional de Nova Andradina e, por conta da gravidade dos ferimentos, foi transferida para o Hospital Universitário de Dourados.

De acordo com a assessoria de imprensa do HU, a vítima está cedada e respirando por aparelhos na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) pediátrica. Por conta da gravidade do estado de saúde, os médicos não podem fazer qualquer tipo de cirurgia.

O inquérito sobre o acidente está praticamente encerrado pela Polícia Civil e, posteriormente, será encaminhado para a Vara da Infância e Juventude.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário