ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, QUARTA  19    CAMPO GRANDE 24º

Interior

Polícia identifica homem que roubou arma de policial morto por pistoleiros

Jorge Martin Garay Fleitas foi gravado no momento em que pegou pistola do carro, minutos após ataque

Por Helio de Freitas, de Dourados | 13/10/2021 11:06
Homem com pistola na mão; arma foi roubada de carro de policial morto. (Foto: Reprodução)
Homem com pistola na mão; arma foi roubada de carro de policial morto. (Foto: Reprodução)

A polícia paraguaia identificou o homem que roubou a pistola do suboficial Hugo Ronaldo Acosta, 32, executado na noite de ontem (12), em Pedro Juan Caballero, cidade vizinha de Ponta Porã (a 323 km de Campo Grande). Vídeo dele pegando a pistola ao lado do corpo do policial, no banco dianteiro do carro, viralizou em grupos de WhatsApp.

Jorge Martin Garay Fleitas, 20, foi detido hoje de manhã. O promotor José Luis Torres informou que ele será processado por roubo agravado. A pistola não estava mais com Jorge e a polícia tenta localizar o paradeiro da arma.

“Isso deve servir de alerta a todas as pessoas que se aproximam de locais onde acontecem eventos dessa natureza e costumam carregar objetos pertencentes às vítimas. Existem consequências jurídicas, além de prejudicar as investigações, pois contaminam o local do crime”, afirmou o promotor.

Hugo Ronaldo Acosta estava armado, mas não teve tempo de se defender. Ele foi atacado por dois pistoleiros dentro de seu carro, um Voyage, e alvejado com 36 tiros de 9 milímetros.

Dinheiro roubado – No dia 27 do mês passado, outra vítima dos pistoleiros da fronteira foi roubada depois de morta em Pedro Juan Caballero. O assaltante roubou dinheiro e o celular de Jorge Ortega García, 27, executado com dez tiros de fuzil.

Imagens gravadas por pessoas que estavam no local mostraram o momento em que o homem não identificado colocou a mão no bolso dianteiro direito da calça do rapaz e pegou o celular. Depois, revistou o bolso esquerdo, pegou dinheiro e colocou no bolso da própria bermuda.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário