ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUARTA  21    CAMPO GRANDE 28º

Interior

Polícia localiza mulher que estava com ex-vereador que foi encontrado em rio

Mulher de 38 anos confirmou que estava com Eraldo José Graciano e foi indiciada por omissão de socorro

Por Helio de Freitas, de Dourados | 29/11/2023 09:50
Mulher que estava com ex-vereador quando chegava à delegacia para depoimento (Foto: Adilson Domingos)
Mulher que estava com ex-vereador quando chegava à delegacia para depoimento (Foto: Adilson Domingos)

A Polícia Civil localizou a mulher que estava na companhia do ex-vereador Eraldo José Graciano, 66, encontrado desmaiado na margem do Rio Dourados, na tarde de segunda-feira (27). Ex-presidente da Câmara de Antônio João, Eraldo mora atualmente em Dourados (a 251 km de Campo Grande), onde trabalha como motorista de aplicativo, e estava desaparecido desde domingo.

Em depoimento a policiais do SIG (Setor de Investigações Gerais), a mulher de 38 anos de idade confirmou que estava na companhia de Eraldo na casa dele, no bairro Campo Dourado, consumindo bebida alcoólica. Em determinado momento, os dois decidiram ir até a ponte sobre o Rio Dourados, na MS-379, entre Dourados e Laguna Carapã.

Sem revelar muitos detalhes, a mulher disse que enquanto retiravam objetos do carro, um Onix branco, o câmbio teria desengatado e o veículo caiu no leito do rio.

Onix de ex-vereador estava dentro do rio (Foto: Direto das Ruas)
Onix de ex-vereador estava dentro do rio (Foto: Direto das Ruas)

Ela alegou que deixou o local e pediu carona para voltar a Dourados. entretanto, a mulher não revelou outros detalhes, nem explicou se houve briga entre os dois. Ela foi indiciada por omissão de socorro.

O ex-vereador foi encontrado desacordado na beira do rio após a família denunciar seu desaparecimento. Ele foi levado para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) e liberado após ficar em observação.

A versão contada pela mulher é diferente da história narrada por Eraldo. Ele contou para a polícia que não se lembra do que aconteceu, apenas que deixou a mulher na residência dela e quando acordou já estava na beira do rio, com o veículo dentro da água. Após acordar, disse que tentou retirar o carro, mas não conseguiu.

Receba as principais notícias do Estado pelo WhatsApp. Clique aqui para entrar na lista VIP do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias