A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

21/11/2015 09:35

Polícia prende acusados de cobrar R$ 300 mil para não invadir fazenda

Renata Volpe Haddad
Homens foram presos ontem acusados de extorquir fazendeiro. (Foto: Da Hora Bataguassu)Homens foram presos ontem acusados de extorquir fazendeiro. (Foto: Da Hora Bataguassu)

Hilton Soares Silva, 55 e seu genro Flávio Aparecido Alves dos Santos, 30, foram presos acusados de extorsão a um fazendeiro em Bataguassu, distante 335 km de Campo Grande. A prisão aconteceu ontem (20) durante operação deflagrada como "Repterra".

Segundo informações da Polícia Civil, no dia 12 de novembro, policiais receberam a denúncia de que o fazendeiro estava sendo extorquido por dois homens que armaram barracos nas margens da fazenda da vítima.

Foi instaurado inquérito policial e com apoio da Delegacia Regional de Polícia de Nova Andradina, foi apurado que os homens diziam ser do movimento sem -terra e que iriam fixar acampamento no local e fazer movimento social para desapropriação da propriedade rural.

Hilton e Flávio procuraram a vítima para realizar uma negociação pedindo R$ 300 mil em troca da retirada dos acampamentos e para que a invasão não acontecesse, chegando a um valor de R$ 96 mil, porém, nenhum acordo fechado.

Diante dos fatos, o juiz da 1ª Vara Criminal de Bataguassu, decretou a prisão preventiva dos homens e foi deflagrada a operação "Repterra". Os autores foram presos e estão à disposição da Justiça.

As diligências terão continuidade com novas oitivas nos próximos dias, visando especialmente, identificar a participação de outros indivíduos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions