ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SÁBADO  15    CAMPO GRANDE 19º

Interior

"Policial à paisana" que matou ex-vereador será investigado pela PM

Após discussão, Dinho Vital voltou armado para festa e morreu às margens da BR-262: "rebentaram ele, bichão"

Por Silvia Frias e Bruna Marques | 09/05/2024 07:27
Dinho Vital foi morto a tiros, após discussão em festa (Foto/Arquivo pessoal)
Dinho Vital foi morto a tiros, após discussão em festa (Foto/Arquivo pessoal)

A morte de Wander Alves Meleiro, o "Dinho Vital", 40 anos, ex-vereador em Anastácio pelo PP, será investigada pela PM (Polícia Militar), segundo informações apuradas pelo Campo Grande News, por envolver, pelo menos, um policial militar. Ele foi assassinado a tiros na saída de festa, na BR-262.

A informação já divulgada ontem é que Dinho foi morto por um “policial à paisana”, logo depois de brigar com o ex-prefeito de Anastácio, Douglas Melo Figueiredo (PSDB), na festa em comemoração aos 59 anos de Anastácio. A transferência do caso para investigação da PM somente é feita quando o caso envolve um militar da corporação.

Conforme o site O Pantaneiro, testemunhas relataram que a briga começou depois que o ex-vereador, aparentemente alcoolizado, discutiu com o ex-prefeito na festa. O bate-boca começou depois que o atual prefeito, Nildo Alves de Albres (PSDB), anunciou que lançaria Douglas como pré-candidato à prefeitura.

Imagens mostram parte da briga e quando várias pessoas tentam apartar. Dinho Vital foi embora, mas voltou armado, ameaçando Douglas. O ex-prefeito já havia deixado a festa. A troca de tiros com o policial ocorreu às margens da BR-262.

“O Dinho puxou a arma pros caras, tomou ferro, entendeu, e rebentaram ele, bichão, uns 15 tiros, rebentaram ele”, relata áudio que circulou na cidade sobre o homicídio.

Dinho Vital era vice-presidente da Comissão Provisória do PP em Anastácio e o partido divulgou nota, lamentando a morte, dizendo que ele deixa “marca indelével de dedicação ao serviço público e ao bem-estar da comunidade de Anastácio”. O corpo dele é velado esta manhã, na Câmara de Vereadores da cidade.

A reportagem entrou em contato com o prefeito Nildo Alves e com o ex-prefeito Douglas Figueiredo, mas eles não retornaram às ligações. Também foi feito contato com a assessoria da PM para mais detalhes sobre a operação, sendo aguardado retorno para atualização do texto.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias