ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, TERÇA  20    CAMPO GRANDE 24º

Interior

Presídio da fronteira tem explosão de casos do novo coronavírus

São 168 infectados entre presos e funcionários da Penitenciária de Pedro Juan Caballero

Por Helio de Freitas, de Dourados | 28/09/2020 10:23
Penitenciária de Pedro Juan Caballero enfrenta surto de covid-19 (Foto: ABC Color)
Penitenciária de Pedro Juan Caballero enfrenta surto de covid-19 (Foto: ABC Color)

Marcada por fugas em massa e corrupção, a Penitenciária Regional de Pedro Juan Caballero enfrenta surto do novo coronavírus. Os casos positivos explodiram nos últimos dias no cárcere da cidade paraguaia vizinha de Ponta Porã (MS), a 323 km de Campo Grande.

São pelo menos 168 infectados, sendo 60 funcionários e 108 presos. A cadeia é dominada por membros da facção criminosa brasileira PCC (Primeiro Comando da Capital). Seis estão internados no Hospital Regional da cidade, um deles na UTI.

De acordo com o jornal ABC Color, todos os presos com covid-19 estão isolados, assim com os servidores. Também foram afastados do contato com outras pessoas os 283 casos suspeitos, que aguardam resultado de exame.

O Paraguai já teve 38.684 pessoas infectadas pelo novo coronavírus. São 22.419 já recuperados e 803 mortes. O Departamento (equivalente a Estado) de Amambay, cuja capital é Pedro Juan Caballero, tem 285 casos, dos quais 180 já estão recuperados, e 13 mortes. O campeão de casos é O Departamento Central, com 12.479 infectados e 206 mortes.

Comerciantes de Pedro Juan Caballero, Salto del Guairá, Encarnación e Ciudad del Este esperam para esta semana a reabertura da fronteira para entrada de turistas brasileiros.

No fim de semana, no entanto, o governo paraguaio informou que a data da reabertura ainda não está definida e depende de novo acordo com o governo brasileiro.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário