ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, DOMINGO  20    CAMPO GRANDE 13º

Interior

Produzida em acampamento, cocaína saía de avião do meio da floresta

No acampamento improvisado estavam suprimentos e máquinas usadas para processar a cocaína e a pasta base

Por Adriano Fernandes e Helio de Freitas | 05/05/2021 22:23
Potes cheios de cocaína em fase de refinamento. (Foto: Divulgação)
Potes cheios de cocaína em fase de refinamento. (Foto: Divulgação)

A polícia paraguaia destruiu nesta quarta-feira (05) um laboratório de refinamento de cocaína, montado por narcotraficantes no Parque Nacional Paso Bravo, no departamento de Concepción, PY, região que fica a cerca de 112 quilômetros de Ponta Porã.

Próximo do local de processamento das drogas, os agentes especiais da Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) também encontraram três pistas de avião clandestinas, que eram usadas no envio de drogas para fora do país vizinho. No acampamento improvisado utilizado pelos narcotraficantes estavam suprimentos e máquinas usadas para processar a cocaína e a pasta base.

Fogão a gás, vasilhames, produtos químicos, moldes de medicamentos, fitas de embalagem estavam entre os petrechos encontrados no local. Também foram apreendidos cerca de 55 quilos de cocaína, que estavam nos moldes de produção dos tabletes da droga e 110 pacotes de maconha prensada. No entanto, ninguém foi preso.

A polícia vai continuar intensificando o combate ao tráfico na regão a partir de amanhã (6), quando terá início a Operação Cielo Guarani Soberano. Além do contingente de policiais por terra, um helicóptero da aeronáutica também já esta na região para auxiliar nas buscas. O parque tem cerca de 100 mil hectares.








Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário