A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 27 de Junho de 2019

10/04/2019 19:13

Professores "abençoam" prefeita e vice denunciados por compra de votos

Professores contratados foram convidados a participar de vídeo que seria idealizado pela Secretaria de Educação; prefeita e vice tiveram julgamento da cassação suspenso ontem, no TRE

Silvia Frias
Prefeita Marlene Bossay, uma das homenageadas no vídeo (Foto/Arquivo)Prefeita Marlene Bossay, uma das homenageadas no vídeo (Foto/Arquivo)

Ao som de “Benção do Senhor” e participação de cerca de 60 professores contratados, um vídeo presta homenagem à prefeita de Miranda, Marlene Bossay, o vice, Adailton Rojo Alves (PTB) e o vereador Ivan Bossay (MDB). A homenagem foi feita na semana em que Marlene e o vice seriam julgados por compra de votos.

A denúncia contra os dois refere-se à compra de votos ocorrida em 2016. O vereador Ivan teria sido beneficiado pelo esquema.

O julgamento que deveria ter ocorrido ontem foi adiado, após pedido de vistas do TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul), jogando a decisão para a sessão de 22 de abril.

A iniciativa do vídeo, segundo apurado pelo Campo Grande News, teria partido da Secretaria Municipal de Educação, Elaine Cristina dos Santos Brito. A reportagem apurou que a secretária disparou nos grupos do WhatsApp o convite para que os professores contratados participassem de gravação em homenagem à prefeitura. A orientação também é que todos usassem roupa branca.

De acordo com as pessoas ouvidas pela reportagem, ninguém foi obrigado a ir, mas o convite chegou a ser reforçado por coordenadoras das escolas, mas, reiterando que não era obrigatório.

O convite, porém, teria sido restristo aos contratados. Os concursados teriam ficado sabendo da produção somente depois que foi divulgado nas redes sociais.

A gravação foi no auditório do Cras (Centro de Referência de Assistência Social), no fim da tarde, depois do expediente. Todos receberam papel com as orientações da gravação.

Na canção católica, os nomes dos homenageados foram inseridos: “A prefeitura Marlene e o vice Adailton já foram abençoados! Porque o Senhor já derramou o seu amor (....)”. O vereador aparece na sequência: “O vereador Ivanzinho já foi abençoado!”. A gravação dura 1:18 e recebeu alguns efeitos, com fotos dos três homenageados, de Jesus Cristo, uma imagem aérea de Miranda sobreposta pela bandeira do Município.

A homenagem seria uma surpresa a ser apresentada à prefeitura na segunda-feira (8). Coincidência ou não, o dia veio a calhar, já que foi a data do julgamento de recurso do TRE-MS. Com quatro votos declarados pela cassação e nenhum pela absolvição, a votação foi paralisada após pedido de vistas do juiz eleitoral Djailson de Souza.

A reportagem não conseguiu contato com a secretária ou com os homenageados.

Compra de voto – Marlene Bossay (MDB) e Adailton Alves são acusados de compra de votos e abuso de poder econômico nas eleições de 2016, por meio da troca de apoio nas urnas por cestas básicas, combustíveis e até um narguilé.

A denúncia foi apresentada o MPE (Ministério Público Eleitoral) em 7 de dezembro de 2016, poucos meses depois das eleições.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions