A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 25 de Fevereiro de 2017

01/01/2015 09:03

Quatro travestis brigam por causa de dívida e uma é morta na BR-163

Edivaldo Bitencourt
Travesti correu, mas não resistiu e morreu dentro de posto (Foto: Maikon Leal/Coxim Agora)Travesti correu, mas não resistiu e morreu dentro de posto (Foto: Maikon Leal/Coxim Agora)

Uma briga envolvendo quatro travestis terminou com a morte de uma por volta de 1h30 de hoje (1º) na BR-163 em Coxim, a 260 quilômetros de Campo Grande. A autora do crime foi presa pela Polícia Militar.

Conforme o site Coxim Agora, a travesti Verônica Bismark (Douglas dos Santos Pinheiro), 20 anos, foi morta com um golpe de canivete, que atingiu a jugular. Ela foi assassinada pela transexual Mikaelly Martinez (Ualisson Loan da Costa Martinez), 18, que foi detida pela Rotai (Ronda Ostensiva Tática do Interior).

Mikaelly contou que recebeu uma ligação de Verônica, que estava cobrando uma dívida. Então, ela pegou um táxi e foi até às margens da BR-163. No local, Verônica estava com outras duas travestis. Elas agrediram Mikaelly e ainda cortaram a peruca com um canivete.

Durante a briga, Mikaelly pegou o canivete e desferiu um golpe contra Verônica, que saiu correndo, mas não resistiu e morreu no posto de combustíveis.

Mikaelly fugiu no mesmo táxi e se escondeu na casa de um amigo, onde foi localizada pela polícia. Ela alegou legítima defesa.

A amiga da vítima, identificada como Bárbara contou que a travesti chegou ao local e começou a agredir Verônica.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions