ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SEGUNDA  27    CAMPO GRANDE 14º

Interior

Rapaz com diversas passagens na polícia é perseguido por dupla e morto a tiros

Este é o segundo homicídio registrado em Três Lagoas em menos de 24 horas

Por Dayene Paz | 19/02/2024 06:31
Corpo da vítima em área isolada pela polícia. (Foto: Alfredo Neto/JP News)
Corpo da vítima em área isolada pela polícia. (Foto: Alfredo Neto/JP News)

Paulo Sérgio da Cruz Souza, de 29 anos, foi assassinado a tiros no tórax, na noite deste domingo (18) por uma dupla que o perseguiu de moto. É o segundo homicídio registrado na cidade de Três Lagoas, a 327 km de Campo Grande, em menos de 24 horas. No sábado (17), Gabriel Ferreira Rodrigues, de 26 anos, conhecido como "Lebrão", foi executado com quatro tiros na porta de casa.

Segundo o site JP News, Paulo Sérgio morava em um barraco, na Rua Eurídice Chagas Cruzno, no Bairro Alto da Boa Vista, a cerca de 100 metros de onde foi executado. Ele foi perseguido por dois homens que estavam em uma motocicleta e ferido por vários tiros.

A vítima tinha diversas passagens por furto e tráfico de drogas, mas ainda não há informações se o passado criminal tenha ligação com o homicídio.

É o segundo assassinato registrado na cidade em menos de 24 horas. Na noite de sábado, Gabriel Ferreira foi morto com quatro tiros na porta de casa. Testemunhas relataram que o autor dos disparos era um "rapaz de porte físico avantajado", que estava em uma motocicleta no momento em que passou pela Rua K e atirou contra a vítima.

Gabriel ainda tentou se abrigar em casa, mas foi atingido por quatro tiros, no tórax e do abdômen, além de um disparo de raspão na cabeça. Familiares acionaram o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e o rapaz já foi levado em estado gravíssimo ao hospital, onde não resistiu aos ferimentos e morreu.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias