ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEGUNDA  19    CAMPO GRANDE 29º

Interior

Rapaz que matou namorada com coleira é condenado a 21 anos

Jheniffer Cáceres de Oliveira, de 17 anos, foi morta em 29 de março de 2019, em Sidrolândia, a 71 km de Campo Grande

Por Gabriel Neris | 27/09/2020 10:32
Paulo e Jheniffer namoravam há quase um ano e meio (Foto: Reprodução)
Paulo e Jheniffer namoravam há quase um ano e meio (Foto: Reprodução)

Paulo Eduardo dos Santos, que matou a namorada estrangulada utilizando uma coleira de cachorro, foi condenado pela Justiça a 19 anos e 9 meses por homicídio qualificado e mais dois anos por ocultação de cadáver.

Jheniffer Cáceres de Oliveira, de 17 anos, foi morta em 29 de março de 2019, em Sidrolândia, a 71 km de Campo Grande.

De acordo com a investigação, o rapaz dormiu ao lado do cadáver e foi trabalhar na manhã como se não tivesse acontecido. O crime só foi relevado por reclamação de mau cheiro dos moradores do conjunto de quitinetes, onde Paulo residia.

Os dois namoravam há um ano e quatro meses e durante interrogatório, segundo o Região News, Paulo admitiu ser usuário de droga e confessou o crime. A adolescente trabalhava como babá.

Na noite que antecedeu o crime, os dois estavam bebendo em uma casa noturna quando houve discussão motivada por ciúmes. Em casa, no Jardim Jandaia, a menina teria tentado acertar Paulo com um cabo de vassoura e uma faca. Ele tentou enforcá-la com um fio de carregador, mas o objeto arrebentou, então o rapaz uma coleira e sufocou a vítima.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário