A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 28 de Fevereiro de 2017

12/12/2014 17:22

Rota turística de MS recebe R$ 75 milhões de investimento

Liana Feitosa

Importante rota turística de Mato Grosso do Sul, que contempla os municípios de Miranda, Bodoquena e Bonito, ganhou restauração e recapeamento asfáltico e foi inaugurada pelo governador André Puccinelli (PMDB) nesta sexta-feira (12).

A obra possibilita o fomento ao turismo na região. No total, foram investidos R$ 75 milhões, sendo que R$ 17 milhões foram de contrapartida do Governo do Estado. Uma das partes da obra foi a rodovia MS-339, com 59,84 quilômetros entre Miranda e Bodoquena. Esse trecho foi integrado à pavimentação da MS-178, entre os municípios de Bodoquena e Bonito.

Do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), R$ 22,9 milhões foram investidos, recurando a estrada que liga Miranda a Bodoquena. Esse trecho vai desde o entroncamento com a BR-262, em Miranda, até o entroncamento com a MS-178, em Bodoquena. Esses trabalhos também incluíram o recapeamento dos 1,58 quilômetros do acesso à Bodoquena pela interseção com a MS-178.

 

Na MS-178 são praticamente 70 quilômetros de asfalto. (Foto: Divulgação)Na MS-178 são praticamente 70 quilômetros de asfalto. (Foto: Divulgação)

Integração - Já na rodovia Bodoquena-Bonito, a MS-178, a obra contemplou o trecho que se inicia na cidade de Bonito, seguindo até o entroncamento com a rodovia MS-339, que dá acesso ao município de Bodoquena.
Na MS-178 são praticamente 70 quilômetros de asfalto, obra que foi executada pelo Governo do Estado com montante principal de recursos do Prodetur (Programa de Desenvolvimento do Turismo), do Ministério do Turismo.

A pavimentação da MS-178 também incluiu a construção de pelo menos 130 metros de pontes de concreto. Essas pontes substituíram as antigas pontes de madeira sobre os córregos Mimoso, Olaria, Pitangueira, Taquarussú e Betione.

Para Gerson Prata Júnior, proprietário da Fazenda Santa Inês, que fica em Miranda, as obras alavancam o turismo da região. Segundo o proprietário, cuja pousada oferece, há 13 anos, serviços de hospedagem e day-use, as mudanças possibilitam que o turista fique mais tempo na região para desfrutando das belezas naturais oferecidas pelo Pantanal e pela região sudoeste do Estado.

“O turista quando vem para cá não viaja menos que 11 dias, então ele acaba visitando e conhecendo toda a região. E com o recapeamento dessa estrada, os ônibus de excursão, por exemplo, fazem mais fácil esse deslocamento”, explica. Só por Bodoquena, cerca de 100 mil turistas passam por ano, segundo o secretário de Turismo Jomar Silva Souza.

Logística - Com o fim dos buracos, o turismo ganha força e facilita, também, o escoamento da produção local, como explicou o prefeito de Bodoquena, Jun Iti Hada. “Esta estrada atende não só o turismo oportunizando maior fluxo de turistas na região, mas oferece uma logística adequada para o transporte de cimentos fabricados aqui no nosso município. A estrada ruim demandava mais tempo para o transporte de carretas e agora vai diminuir gastos”, disse o prefeito.

Velório de jovens mortos em acidente leva 400 à ginásio e cancela Carnaval
O velório de quatro dos cinco jovens mortos em um acidente na rodovia BR-060, em Camapuã - município localizado a 133 km de Campo Grande -, levou pel...
Incêndio em fazenda é controlado e prejuízo pode ser de R$ 2 milhões
O incêndio que atingiu a fazenda Novilho, localizada em Caarapó - município que fica a 283 km de Campo Grande - e ocupada por índios Guarani-Kaiowá d...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions