A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 14 de Outubro de 2019

21/03/2016 10:54

Sem-teto invadem terreno público e Guarda Municipal negocia desocupação

Comandante da Guarda de Dourados disse que objetivo é convencer famílias a deixarem área sem precisar recorrer à Justiça

Helio de Freitas, de Dourados
Barracos foram montados em terreno público (Foto: Direto das Ruas)Barracos foram montados em terreno público (Foto: Direto das Ruas)

Pelo menos 30 pessoas ocupam desde ontem (20) um terreno público na região oeste de Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande. Seis barracos foram montados na área, em frente ao residencial Moradas Dourados, próximo ao Clube Indaiá.

Guardas municipais estão no local para conversar com as famílias e tentar convencê-las a deixar a área pacificamente. Os sem-teto afirmam que entraram no terreno porque não têm onde morar e querem convencer a prefeitura a permitir que eles construam casas no local.

O comandante da Guarda Municipal de Dourados, João Vicente Chencarek, disse ao Campo Grande News que existia uma dúvida se o terreno ocupado era particular ou público e a confirmação só ocorreu hoje de manhã por parte da Secretaria de Planejamento do município.

“Se o terreno fosse particular a Guarda não poderia interferir, mas como é público, mandamos uma equipe ao local para conversar com as pessoas. Queremos convencê-las a deixar o local pacificamente. A prioridade é sempre o diálogo, mas caso se recusem a sair o município vai recorrer à Justiça para pedir a reintegração de posse”, afirmou Chencarek.

Segundo ele, o espaço ocupado pelos sem-teto foi deixado pela construtora que implantou o residencial, para uso do município. “Em todo loteamento particular uma parte da área é reservada ao município, para construção de praça, escola ou posto de saúde. Por isso a área é pública”, explicou.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions