A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 23 de Setembro de 2017

28/07/2017 10:27

Senad destrói maconha avaliada em R$ 6 milhões na fronteira com MS

Acampamento usado para prensar maconha funcionava na zona rural de Bella Vista Norte, cidade vizinha de Bela Vista (MS)

Helio de Freitas, de Dourados
As 40 toneladas de maconha encontradas no acampamento foram queimadas (Foto: Divulgação/Senad)As 40 toneladas de maconha encontradas no acampamento foram queimadas (Foto: Divulgação/Senad)

Um mega acampamento usado para prensar e embalar maconha foi descoberto ontem (27) por agentes da Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) do Paraguai perto da fronteira com Mato Grosso do Sul. Pelo menos 40 toneladas da droga picada em sacos e já embalada em tabletes foram queimadas.

O acampamento funcionava no meio de uma mata, na zona rural de Bella Vista Norte, cidade vizinha de Bela Vista (MS), a 322 km de Campo Grande. De acordo com a Senad, a droga foi avaliada em pelo menos 2 milhões de dólares, ou 6,3 milhões de reais.

A base de operação dos narcotraficantes foi descoberta em operação comandada pelo promotor antidrogas do departamento de Amambay, Hugo Volpe.

De acordo com a Senad, os agentes surpreenderam 20 pessoas, entre homens e mulheres, que estavam processando a maconha, mas correram para a mata.

O laboratório era formado por 12 acampamentos, onde os narcotrabalhadores preparavam a droga para ser enviada ao Brasil. Três geradores de energia eram usados para iluminar o local. Oito prensas de madeira, três guilhotinas usadas para cortar os tabletes, 50 quilos de semente de maconha e três motos usadas para transportar as bolsas de maconha foram apreendidos.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions