ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUINTA  04    CAMPO GRANDE 18º

Interior

Serralheiro de 48 anos é o primeiro caso confirmado do coronavírus em Corumbá

O morador, possivelmente, contraiu a doença de um turista de Fortaleza, Ce

Por Adriano Fernandes | 06/04/2020 19:18
Santa Casa de Corumbá onde o paciente está internado. (Foto: Diário Corumbaense)
Santa Casa de Corumbá onde o paciente está internado. (Foto: Diário Corumbaense)

Um serralheiro, de 48 anos, é o primeiro paciente diagnosticado com o novo coronavírus em Corumbá, município a 419 quilômetros de Campo Grande. De acordo com a Secretária de Saúde da cidade o morador, possivelmente, contraiu a doença de um turista de Fortaleza, Ce.

Ele está internado desde a última sexta-feira (3), no CTI (Centro de Tratamento Intensivo) da Santa Casa de Corumbá e o resultado positivo para a doença, saiu na tarde desta segunda-feira (06), no Lacen (Laboratório Central) de Campo Grande.

"O paciente apresentou os primeiros sintomas no dia 28 de março, e procurou o Pronto-Socorro no dia 03 de abril, quando já foi internado no CTI, e recebeu todo o tratamento indicado para o seu caso, já apresentando melhoras clínicas, tendo o seu quadro de saúde estável. Possivelmente foi contaminado devido a contato com viajante de Fortaleza, quatro dias antes do início dos sintomas", informou ao Diário Corumbaense a assessoria de imprensa da Secretaria de Saúde.

Ainda conforme o site local, o paciente mora sozinho, na zona rural, mas tem uma serralheria em Corumbá. A vigilância epidemiológica do município está monitorando todas as pessoas que tiveram contato com ele nos últimos dias.

Os pais do serralheiro, que são idosos, inclusive já estão em isolamento domiciliar. Uma mulher, parente do homem, que preferiu não se identificar, também relatou ao Diário Corumbaense que o serralheiro entrou em contato com ela por telefone no dia em que foi internado.

“Ele disse que estava mal, com febre e com um pouco de dificuldade para respirar. Depois da ligação soube que internou”, contou.

Até esta manhã, quatro casos suspeitos haviam sido descartados em Corumbá. Mato Grosso do Sul agora tem 67casos confirmados da doença e duas mortes de moradoras de Batayporã.

Corumbá é uma das cidades do Estado que está adotando uma série de medidas para prevenir o aumento de casos do novo coronavírus. Desde o dia 22 de março, a prefeitura implementa o toque de recolher, das 20h às 04h, reduziu o horário de funcionamento do comércio e suspendeu o transporte intermunicipal, entre outras ações.