ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MARÇO, SÁBADO  02    CAMPO GRANDE 35º

Interior

Suspeito de atirar em homem no meio da rua alega legítima defesa

Ricardo Campos Jr. | 03/01/2017 14:22
Vítima foi atingida no rosto e está internada na Santa Casa de Campo Grande (Foto: Alisson Silva / Edição de Notícias)
Vítima foi atingida no rosto e está internada na Santa Casa de Campo Grande (Foto: Alisson Silva / Edição de Notícias)

Um comerciante de 28 anos, que não teve o nome divulgado, é suspeito de atirar no rosto de Manoel Teodoro, 60 anos, detento do presídio semiaberto de Coxim, a 260 quilômetros de Campo Grande. O homem se apresentou na delegacia acompanhado por um advogado nessa segunda-feira (2) e prestou depoimento alegando legítima defesa.

Na versão contada à polícia, divulgada pelo site Edição de Notícias, o comerciante diz que a família dele estava sendo ameaçada pela vítima por conta de uma dívida. Dessa forma, ele passou a andar com um revólver calibre 32 que comprou há 10 anos e resolveu procurar o rival para colocar a história a limpo.

O suspeito estava de carro quando avistou o detento caminhando pela cidade. Ele diz que ao se aproximar viu Teodoro colocar a mão na cintura como se fosse sacar uma arma e reagiu atirando contra ele.

Teodoro saiu correndo e o comerciante atirou pela segunda vez. Em seguida, fugiu e jogou o revólver no rio Taquari. Ele será indiciado por tentativa de homicídio qualificada por dificultar a defesa da vítima e porte de arma de fogo.

O detento foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) até um hospital local, mas diante da gravidade do ferimento, foi transferido para a Santa Casa de Campo Grande, onde permanece internado na ala vermelha.

Nos siga no Google Notícias