ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, QUINTA  13    CAMPO GRANDE 23º

Interior

Suspeito de matar jovem a tiros no Paraná é preso em Iguatemi

Caso aconteceu em março; irmão é réu por matar ex-companheira com disparo na cabeça

Por Gustavo Bonotto | 23/05/2024 22:17
Suspeito foi preso na tarde desta quinta, em Iguatemi. (Foto: Reprodução/Polícia Civil)
Suspeito foi preso na tarde desta quinta, em Iguatemi. (Foto: Reprodução/Polícia Civil)

A Polícia Civil cumpriu, na tarde desta quinta-feira (23), mandado de prisão preventiva contra João Pereira de Oliveira pela morte de um jovem de 20 anos no município paranaense de Marechal Cândido Rondon. Ele é irmão de Clewerson Pereira de Oliveira, homem suspeito de matar a ex-companheira, Aline Mayara Boni, com tiros na cabeça em Iguatemi.

De acordo com a nota enviada à imprensa, João teria fugido para a cidade sul-mato-grossense, distante 412 quilômetros de Campo Grande, após o crime, ocorrido em março deste ano.

À época dos fatos, a vítima teria sido abordado por uma dupla encapuzada. Houve discussão e o jovem foi baleado com disparos de arma de fogo. Feito isso, ambos fugiram do local em uma motocicleta. Acionado, o Corpo de Bombeiros prestou atendimento ao jovem o qual foi encaminhado para atendimento médico de urgência. Ele não resistiu aos ferimentos e teve a morte declarada duas horas após o crime.

Clewerson é um dos suspeitos de participar do homicídio, aponta a investigação da polícia. Ele está preso desde 5 de maio, pela morte de Aline. A jovem foi encontrada sem vida na residência onde morava, no Bairro Waloszek Konrad, horas depois de pedir ajuda aos vizinhos. Segundo a polícia, não há registro de ocorrência envolvendo violência doméstica entre o casal. Contudo, o delegado disse que ele tem passagens criminais, em Mato Grosso do Sul e no Paraná, por furto e tráfico de drogas.

Receba as principais notícias do Estado no WhatsApp. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nas redes sociais: Facebook, Instagram e TikTok

Nos siga no Google Notícias