ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SÁBADO  19    CAMPO GRANDE 31º

Interior

Taxista é morto a golpe de faca no pescoço durante corrida agendada

Por Caroline Maldonado | 09/03/2016 09:03
Taxista havia agendado corrida ontem (Foto: Diário Corumbaense)
Taxista havia agendado corrida ontem (Foto: Diário Corumbaense)

Um taxista foi assassinado com corte no pescoço, na madrugada de hoje (9), em Corumbá, a 419 quilômetros de Campo Grande. O corpo de Claudinei Guerreiro, 64 anos, foi encontrado na Rua João B.O. da Mota, na região do Guató, parte alta da cidade. Ele era taxista há 30 anos.

O carro da vítima, um Chevrolet Ágile, foi levado e no local do crime a polícia encontrou camisetas manchadas de sangue, segundo o jornal Diário Corumbaense. Claudinei não trabalharia durante a madrugada, mas foi atender uma corrida agendada um dia antes, conforme o presidente do Sindicato dos Taxistas de Corumbá, Cláudio Reis Rodrigues.

“Ele estava em casa e acordou por volta das 5h para fazer uma corrida que já estava marcada. Seria para pegar uma mulher perto de um mercado e levar para a maternidade. Não tomou nem café da manhã e saiu para fazer essa corrida”, disse.

A corrida agendada levanta a suspeita de que o taxista tenha caído em uma emboscada e assusta os taxistas da cidade. “Estamos expostos a todo tipo de situação e ficamos preocupados. Não culpamos ninguém, apenas as leis brasileiras. No final do mês de fevereiro esfaquearam e bateram em um taxista nosso. Uma pessoa foi presa e parece que o outro fugiu. Estamos expostos”, reclamou o sindicalista, em entrevista ao jornal local.