ACOMPANHE-NOS    
MAIO, QUINTA  26    CAMPO GRANDE 21º

Interior

Tio de vítima, prefeito é contido pela polícia após chutar corpo

José Carlos deu um chute no corpo de Osmar, alvo do atentado que matou a sobrinha do prefeito

Por Ana Oshiro | 09/10/2021 11:23

José Carlos Acevedo, prefeito licenciado de Pedro Juan Cabalero, cidade que faz fronteira com Ponta Porã, a 323 km de Campo Grande, chutou o corpo de Osmar Vicente Álvarez Grance, de 32 anos, que foi morto na manhã deste sábado (9) com 31 tiros.

No vídeo acima é possível ver parte da briga entre o atual prefeito, e candidato a reeleição na votação que acontece neste domingo (10) no Paraguai, com a família de Osmar, depois que José teria chutado o corpo do homem que era o alvo do atentado. Ele ainda chuta uma pessoa da família de Osmar.

A polícia paraguaia precisou conter José, que continuou brigando com os familiares de Osmar, dizendo que a sobrinha, Haylee Carolina Acevedo Yunis, de 21 anos, foi morta por causa de Osmar. A jovem é filha do governador de Amambay, Ronald Acevedo, irmão de José. Segundo o site Frontera Seca News, Osmar e Haylee eram namorados.

Atentado - O crime aconteceu por volta das 6h30 e os pistoleiros atiraram mais de 100 vezes contra seis pessoas, quatro morreram e duas ficaram feridas. Entre os mortos estão duas brasileiras, estudantes de medicina, uma delas é de Dourados.

Nos siga no Google Notícias