A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 23 de Março de 2017

28/05/2013 11:47

Três Lagoas vai receber R$ 60 milhões para obras de saneamento

Francisco Júnior
Prefeita de Três Lagoas, Márcia Moura, assina ordem de serviço acompanhada do governador André Puccinelli e do presidente da Sanesul, José Carlos Barbosa. (Foto: Divulgação)Prefeita de Três Lagoas, Márcia Moura, assina ordem de serviço acompanhada do governador André Puccinelli e do presidente da Sanesul, José Carlos Barbosa. (Foto: Divulgação)

O município de Três Lagoas vai receber cerca de R$ 60 milhões para ampliação e melhorias dos sistemas de abastecimento de água (SAA) e de esgotamento sanitário. Ontem (27), o presidente da Sanesul, José Carlos Barbosa, e o governador André Puccinelli assinaram ordem de serviço para liberação dos recursos.

A expectativa é de que até 2014 a cidade seja totalmente coberta pela rede de esgoto. De acordo com o presidente da Sanesul, a empresa já investiu na cidade Lagoas cerca de R$ 95 milhões, entre obras concluídas e em andamento com recursos assegurados.

“Investimentos que não foram aplicados durante oito anos do governo passado em todo o Mato Grosso do Sul. Em 2007 pegamos a cidade com apenas 17% de cobertura, em 2012 subiu para 53% e vamos chegar no ano que vem com 97% de cobertura”.

Na solenidade, José Carlos Barbosa anunciou que na semana passada esteve em Brasília, com os técnicos do Ministério das Cidades e já deixou aprovado sem nenhuma ressalva, apenas para encaminhamento político, mais R$ 86 milhões para Três Lagoas, sendo R$ 34,1 milhões para o sistema de abastecimento de água e R$ 51,8 milhões para o sistema de esgotamento sanitário.

O governador André Puccinelli afirmou que com esses investimentos Mato Grosso do Sul vai ser o Estado brasileiro com mais coleta e tratamento de esgoto do Brasil.

Foram assinadas quatro ordens de serviço. A primeira, no valor R$ 1,84 milhão de recursos próprios, que serão destinados a ampliação e melhorias no Sistema de Abastecimento de Água.

A segunda ordem de serviço, no valor de R$ 46,9 milhões, é destinada à ampliação do SES, com a implantação de estação de tratamento de esgoto, 278,62 quilômetros e rede coletora de esgoto, construção de oito estações elevatórias, linhas de recalque, 2.100 metros de coletor tronco e 600 metros de emissário final, além da ampliação do tratamento em 70 litros por segundo com pós tratamento. Os recursos são do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2).

Também foi assinada ordem de serviço para obras de ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto ETE Planalto/São João no valor de R$ 10,4 milhões.

O Governo do Estado e a Sanesul também assinaram ordem de serviço para elaboração de projeto básico e executivo de ampliação do sistema de esgotamento sanitário. O investimento é próprio, no valor de R$ 615,3 mil.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions