A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

27/04/2016 09:37

Trio é preso por suspeita de roubo, arrastão e incendiar veículo

Mariana Castelar
Polícia investiga diversos delitos causados por trio em Ladário e Corumbá (Foto: Anderson Gallo/Diário Corumbaense)Polícia investiga diversos delitos causados por trio em Ladário e Corumbá (Foto: Anderson Gallo/Diário Corumbaense)

Acusados de um envolvimento no roubo de um taxista, três pessoas foram detidas pela Polícia Civil de Ladário na terça-feira (26). O trio também roubou um Gol preto, usaram em um arrastão e incendiaram na estrada da Codrasa, em Ladário (distante 419 km de Campo Grande).

Após investigações, foram detidos Fábio Eduardo da Conceição de Arruda, 20, o “Ogro”; Luiz Mário Arruda de Almeida, 18, conhecido como “Mário Sapo”, e Pedro Victor Lima Constantino dos Santos, 20 anos, chamado de “Cabecinha”.

De acordo com o delegado titular Fernando Araújo da Cruz Júnior, o trabalho investigativo ainda prossegue, e há suspeitas de que o grupo esteja envolvido em outros crimes. “Por isso é importante divulgarmos para a sociedade. Precisamos que outras possíveis vítimas, caso os reconheçam, venham aqui para nos informar”.

Policiais afirmam que os homens são do mesmo grupo, apesar de em uma determinada ocorrência parte estava envolvida e a outra praticou determinado delito, no entanto, há situações em que todos participaram

Conforme Cruz, o grupo teria confessado participação nestes dois casos, e explicaram o motivo de atearem fogo ao carro. “Alegam que ficaram com medo de que as impressões digitais fossem coletadas e eles fossem identificados”.O delegadoanalisa o pedido de representação judicial pela prisão preventiva do trio, que permanece detido na sede da Delegacia de Polícia Civil de Ladário.

Segundo o site Diário Corumbaense, a tentativa de latrocínio contra os mototaxistas aconteceram no dia 1º de abril, no bairro Potiguar, localizado no limite entre as cidades de Corumbá e Ladário. De acordo com a Polícia Militar, as vítimas pegaram dois passageiros na rua América, área central corumbaense, que solicitaram corrida até o bairro onde houve o assalto.

Ao chegarem ao destino, um dos passageiros, armado com revólver, anunciou o assalto, pegou a moto e fugiu. A vítima saiu caminhando e ouviu tiros. Ao retornar para verificar o que havia acontecido, encontrou o outro mototaxista caído no chão e ferido com um tiro no rosto.

No dia 14 de abril, o grupo rendeu uma mulher quando chegava em casa, no bairro Universitário, em Corumbá (distante 419 km de Campo Grande). Ela foi rendida logo após estacionar o carro, um Gol preto.

Um dos indivíduos estava portando arma de fogo e mandou que a motorista fosse para o banco de trás do carro junto com três filhos menores. O outro homem permaneceu na motocicleta e acompanhou o veículo. As vítimas foram levadas até a estrada da Codrasa, local onde foi ordenado que descessem e entrassem no matagal. A mulher e os filhos foram socorridos por uma pessoa que passava pela estrada. 

Os autores fugiram levando o carro, praticaram uma série de roubos e depois voltaram para a Codrasa e atearam fogo ao veículo.

Delegado Fernando Araújo da Cruz Júnior investiga outros possíveis crimes do bando  (Foto: Site Diário Corumbaense)Delegado Fernando Araújo da Cruz Júnior investiga outros possíveis crimes do bando (Foto: Site Diário Corumbaense)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions