ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, QUARTA  25    CAMPO GRANDE 26º

Interior

Vídeo mostra execução de filho de fazendeiro que lutou com bandidos

Vítima brigou com criminosos por mais de dois minutos para não ser sequestrada, mas acabou morrendo a tiros

Por Clayton Neves e Helio de Freitas, de Dourados | 18/06/2019 20:49
Andrés durante luta com criminosos armados (Foto:Reprodução)
Andrés durante luta com criminosos armados (Foto:Reprodução)

Vídeo de três minutos e oito segundos mostra a luta pela vida de Andrés Sanchez, morto a tiros na tarde desta terça-feira (18) em Yby Ya’ú, povoado localizado no território paraguaio, a pelo menos 100 km de Ponta Porã (MS). Ele resistiu a um sequestro, lutou com criminosos armados e acabou morto.

Nas imagens é possível ver o momento em que uma caminhonete chega ao posto de combustíveis, às 12h15, e quatro criminosos encapuzados e armados descem do veículo. Um deles vai até a conveniência onde Andrés estava e o leva para o pátio do posto.

A vítima, que está com uma camiseta vermelha e bermuda, tenta se afastar e impedir que os criminosos o levem. Ele luta com três dos suspeitos, enquanto o quarto vigia a entrada do posto e manda com que o frentista deite no chão.

Durante a briga, os autores chegam a rasgar a camiseta da vítima que se debate para não ser levada do local. Ele é arrastado até próximo da caminhonete usada pelo grupo, mas os suspeitos não conseguem colocá-lo no veículo.

Após dois minutos de luta, Andrés escapa e tenta correr, no entanto, é baleado diversas vezes. Após o crime os autores entram na caminhonete e fogem em alta velocidade.

O local onde ocorreu o crime é isolado e de difícil comunicação. As primeiras informações revelam que Andrés seria filho de um fazendeiro da região. Yby Ya’ú fica numa área entre os departamentos de Concepción e San Pedro, com forte presença do EPP (Exército do Povo Paraguaio), grupo terrorista que há anos comete sequestros para financiar a luta contra o governo.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário