A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 24 de Junho de 2017

23/09/2014 10:10

Votação rejeita proposta de indústria e sindicato espera nova oferta

Caroline Maldonado
Funcionários e sindicalistas fizeram manifestação na semana passada em frente a Fibria (Foto: Divulgação/Sititrel)Funcionários e sindicalistas fizeram manifestação na semana passada em frente a Fibria (Foto: Divulgação/Sititrel)

Depois de votação, 67% dos funcionários da indústria de celulose Fibria rejeitaram reajuste salarial de 0,63% oferecido pela empresa em negociação que se estende desde de julho deste ano. Na votação promovida pelo sindicato da categoria, 362 pessoas votaram, sendo 245 contra e apenas 117 favoráveis ao aumento de salário proposto pela empresa, que fica em Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande.

O município tem ainda outras duas indústrias de papel e celulose com funcionários representados pelo Sititrel (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Papel e Celulose). Na quarta-feira (24), a votação e apuração dos votos ocorrerá na Eldorado Brasil e na próxima semana entre os empregados da International Paper.

Segundo o presidente do Sititrel, os sindicalistas vão aguardar manifestação da empresa e caso não haja acordo com a Fibria e as demais, o caso será levado ao judiciário. “Agora vamos comunicar a empresa desse resultado e esperar que eles se reunião com os diretores em São Paulo e aguardar uma outra proposta, mas se não tiver vamos à justiça”, explicou Morgão.

A negociação - Os sindicalistas pedem aumento real de 2% no salário dos funcionários das fábricas de papel e de celulose. O Sititrel cegou a cogitar uma paralisação, mas agora planeja apenas resolver o empasse na justiça, de acordo com o presidente da entidade. Na semana passada, os sindicalistas fizeram manifestação em frente a Fibria e International Paper, na esperança de que as empresas fizessem proposta de reajuste maior.

A Eldorado Brasil informou na terça-feira (16) que mantém diálogo aberto com o Sititrel, mas prefere não comentar os assuntos que estão em negociação. Após a manifestação de segunda-feira (15), a International Paper informou que está negociando com o Sititrel, mas não sinalizou uma contraproposta. Na semana passada, a Fibria também confirmou que está em processo de negociação coletiva com o Sititrel, mas assegurou ter apresentado no dia 29 de agosto a proposta final e disse que aguardava votação da proposta pelos empregados.

Jovem e comparsa são presos depois de terem tentado matar esposo de sua ex
Dois rapazes, de 23 e 26 anos, foram presos suspeitos de terem tentado matar, com um tiro, homem de 30 anos esta noite (24) em Dourados, a 233 quilôm...
Homem joga água fervendo em esposa que demorou para ir fazer café
Dona de casa teve queimaduras de primeiro grau no rosto e no antebraço esquerdo, depois que o marido Adair Barbosa Franco, de 36 anos, despejou uma c...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions