A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

04/01/2008 09:14

Investigações sobre morte de detento ainda não avançaram

Redação

As investigações sobre a morte do detento Anderson Pereira Veiga, 29 anos, cujo corpo foi encontrado carbonizado no porta-malas de um carro, no mês passado, ainda não avançaram. Conforme informações da Defurv (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos), somente o resultado do exame de DNA, confirmando a identidade da vítima, saiu.

Por conta do recesso, o IML ainda não enviou os resultados do laudo de vistoria e necroscópico. O caso deverá ser repassado para o 7º Distrito Policial, que fica na região da Colônia Penal, onde foram encontrados os sapatos e roupas do detento. Por enquanto não há suspeitos, segundo informações da Defurv.

Veiga saiu dia 14 de dezembro do Instituto Penal de Campo Grande e foi transferido para a Colônia Penal. Familiares chegaram a pedir transferência para o semi-aberto, alegando que ele corria risco de vida.

O veículo onde ele foi encontrado, um Gol, foi roubado na Vila Duque de Caxias e incendiado com gasolina na saída para Rochedo, na MS-080.

Temer veta projeto sobre negociação coletiva no serviço público
O presidente Michel Temer vetou integralmente o Projeto de Lei nº 3.831/15, aprovado pelo Congresso Nacional, que estabelecia normas para a negociaçã...
UFMS divulga edital do vestibular para ingresso em cursos de graduação
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) divulgou, nesta segunda-feira (18), edital do processo seletivo do vestibular para ingresso em cu...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions