A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

22/12/2011 12:05

Já é verão e as temperaturas devem ficar quatro graus acima da média

Edmir Conceição
Clima quente exige hidratação constante. Exposição solar tabém é perigosa. (Foto: João Garrigó)Clima quente exige hidratação constante. Exposição solar tabém é perigosa. (Foto: João Garrigó)

O verão começou à 1h30 de hoje (horário MS) e segue até o dia 20 de março de 2012. Nesta estação, os dias são mais longos que as noites e há mudanças repentinas no tempo. “As nuvens se desenvolvem rapidamente e geram pancadas de chuva de curta duração e danos variáveis, predominando no período da tarde”, informa o meteorologista da Universidade Anhanguera-Uniderp, Natálio Abrahão Filho.

De acordo com o meteorologista, em alguns períodos devem ocorrer variações climáticas mais intensos que são acompanhadas de ventos, granizos ou ‘saraiva’. “É o período de maior incidência de trovoadas e relâmpagos”, comenta. No verão, as temperaturas máximas são mais elevadas e, dessa vez, devem ficar até quatro graus acima da média.

A previsão para as próximas semanas é de chuvas, não se descartando veranicos de 4 a 7 dias sem precipitação, na maior parte do Estado. “Isto significa que o La Niña estará ativo pelo menos até junho de 2012. As temperaturas das águas do Pacifico equatorial estarão com -1.0 ºC abaixo da média. Assim, as temperaturas no Estado devem continuar variando na máxima em até quatro graus.

Chuva - Algumas regiões de Mato Grosso do Sul devem ficar com índices chuva abaixo e outras acima da normal histórica: norte/nordeste (até 15% abaixo da média histórica); central, leste e sudeste (dentro da média, até 05% acima da média); Sul, sudoeste e oeste (dezembro abaixo da média em 10% e nos meses de janeiro e fevereiro, dentro da média).

Alertas - Entre os dias 25 dezembro e 25 de janeiro não se descarta na região central do Estado chuva forte com pancadas e possíveis inundações, assim como nas regiões sudeste e leste, entre 10 janeiro e 05 de fevereiro.

Raios ultravioleta - De acordo com a declinação solar, desde 16 de novembro a 25 de janeiro, haverá incidência com concentração máxima de raios ultravioleta solar. Em uma escala de 1 a 16, valores acima de 12 representam riscos à saúde.

Câmara Federal regulamenta carreira dos agentes comunitários de saúde
Com a presença de agentes comunitários nas galerias da Câmara, os deputados federais concluíram hoje (12) a votação do projeto de lei que regulamenta...
Anvisa libera serviço de vacinação em farmácias de todo o país
Farmácias e drogarias de todo o país vão poder oferecer o serviço de vacinação a clientes. A possibilidade foi garantida em resolução aprovada hoje (...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions