A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

14/09/2010 08:44

Jornalista que matou Rogerinho está preso na Capital

Redação

O jornalista Agnaldo Ferreira Gonçalves, que matou uma criança de dois anos durante uma briga de trânsito em Campo Grande, está preso desde o dia 9 no Centro de Triagem.

Agnaldo seria interrogado no dia 18 de outubro, em Praia Grande (litoral de São Paulo, para onde se mudou neste ano. Contudo, ele se apresentou à justiça em Campo Grande e o juiz Aluízio Pereira dos Santos, em substituição legal na 1ª Vara do Tribunal do Júri, marcou o interrogatório para amanhã.

A prisão preventiva foi decretada porque o jornalista não foi encontrado no endereço informado à justiça. A defesa de Agnaldo pediu revogação do mandado de prisão. O magistrado vai decidir sobre o pedido após o interrogatório do réu.

A justiça já ouviu as testemunhas de defesa e acusação. Com o interrogatório,

o processo entra na fase de alegações finais e, em seguida, o juiz decide se o réu vai a júri popular pelo crime.

O jornalista chegou a ficar 80 dias preso. Depois, teve nova prisão decretada, sob a alegação de que forjou uma separação para escapar da ação que cobra indenização de R$ 1,3 milhão. Mesmo sem ter sido preso, Agnaldo obteve habeas corpus no TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul).

A briga de trânsito que resultou na morte de Rogério Pedra Neto, de 2 anos, ocorreu na manhã o dia 18 de novembro do ano passado.

Durante a discussão com o tio do menino, Aldemir Pedra Neto, o jornalista efetuou quatro disparos, atingindo João Alfredo Pedra (avô de Rogerinho) e o menino, que foi baleado no pescoço, não resistiu ao ferimento. A família estava em uma caminhonete L-200 e o jornalista em um Fox.

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
Governo Federal reduz período do horário de verão para 2018/19
O presidente Michel Temer assinou hoje (15) um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. No ano que vem, a medida começará a vale...
Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions