A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

17/08/2010 06:20

Jovem que matou três para roubar é condenado a 78 anos

Redação

Foi condenado a penas que somam 78 anos e 9 meses de cadeia Fábio Ramoa Cavalheiro, de 19 anos, que em março deste ano matou três pessoas durante assaltos em Amambai, cidade localizada a 360 quilômetros de Campo Grande.

Conforme apurado pelo site A Gazeta News, Pedro da Silva Brites, de 45 anos e a mãe dele,Maria Celestina, de 83, foram assassinados a golpes de martelo na cabeça enquanto dormiam, quando Fábio invadiu a fazenda em que moravam roubar um revólver e um aparelho celular.

Os corpos foram encontrados somente dias após o crime, após a confissão. Fábio acabou preso porque após o duplo assassinato matou ainda mais uma pessoa, o mototaxista, Agnaldo Ferreira de Araújo, de 34 anos.

Ele levou um tiro nas costas enquanto se preparava para fazer uma corrida para Fábio, que roubou a moto dele e vendeu no Paraguai. Os crimes foram julgados em separado. Pela morte da mãe e do filho as penas somaram 52 anos e 320 dias de multa. Foi levada em conta a forma cruel como os dois foram mortos, enquanto a defesa de Fábio alegou que o jovem matou porque as vítimas teriam uma rixa com a família dele, no Paraguai.

Pela atual legislação Fábio só poderá permanecer na cadeia por 30 anos, período que pode ser reduzido se ele trabalhar enquanto estiver preso. A cada três dias de trabalho o detento tem direito à remissão de um dia de pena.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions