A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

21/04/2009 09:08

Jovem vítima de acidente está em nível crítico de coma

Redação

Ao lado de amigos no Pronto Socorro da Santa Casa, o superintendente da PRF (Polícia Rodoviária Federal), Valter Favaro, traduz o quadro clínico da filha como "muito grave mesmo".

Segundo ele, Rayssa Favaro, de 19 anos, atingiu o nível mais sério do coma, "no terceiro grau". A escala vai de 3 a 15, mas quanto menor o índice, maior é a gravidade.

A jovem se envolveu em acidente na madrugada de hoje, no cruzamento da rua Bahia com a avenida Mato Grosso. O pai tem esperança de que o quadro estabilize para providenciar transferência para São Paulo.

O Fiat Uno, dirigido por Rayssa, tem as placas de Brasília. Segundo Favaro, o veículo foi comprado de um amigo e nem sequer transferido ainda.

O superintende da PRF conta que na manhã de hoje a promotora Regina Broch esteve no hospital, onde o filho Gabriel chegou a ser internado depois do acidente.

Ela também conversou com a família de Rayssa. O segundo veículo envolvido na colisão, um Honda Civic, é registrado em nome dela.

Favaro diz que a promotora do Ministério Público Estadual contou que na noite de ontem foi pegar o filho e dois sobrinhos em uma festa no clube Estoril. Segundo relato dela, os três foram para a casa da promotora, mas em seguida pegaram o carro escondido e saíram.

O Honda era dirigido por Marcelo Broch, sobrinho de Regina. Ainda não foi divulgado se o rapaz tem Habilitação ou se estava alcoolizado, mas a polícia de trânsito garantiu que o jovem é maior de idade. As causas da colisão também não foram apontadas.

Na Polícia Civil o caso é tratado em sigilo. Segundo servidores da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), como o caso envolve menor de idade, informações não serão repassadas.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions