A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 22 de Setembro de 2018

27/08/2009 17:43

Juíza afastada quer a suspeição de mais 8 magistrados

Redação

Alvo de processo administrativo, a juíza afastada da comarca de Anaurilândia, Margarida Elisabeth Weiler, pediu a suspeição de mais oito desembargadores do Conselho Superior da Magistratura.

Relator do processo, o desembargador Claudionor Miguel Abss Duarte, acatou apenas um pedido, já que o próprio magistrado, Divoncir Schreiner Maran, se declarou impedido.

Mas rejeitou os pedidos de exceção de suspeição feitos contra os desembargadores Ildeu de Souza Campos, Sérgio Fernandes Martins, Julizar Barbosa Trindade, Luiz Carlos Santini, Elpídio Helvécio Chaves Martins, Osvaldo Rodrigues de Melo e Atapoã da Costa Feliz.

Ela também já havia solicitado a suspeição do corregedor-geral do TJ/MS, Josué de Oliveira, que também teve o pedido rejeitado.

Afastada - Em maio deste ano, o Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul decidiu abrir processo administrativo contra a juíza titular da comarca de Anaurilândia, Margarida Elisabeth Weiler.

Os desembargadores também decidiram, por maioria, afastar a magistrada por mais 90 dias. Sindicância administrativa constatou indícios da prática de ilegalidade pela magistrada.

Margarida Weiller foi condenada por improbidade administrativa pelo juiz de Caarapó, Fernando Cury.

Último sorteio da Mega-Sena na semana pode pagar até R$ 22 milhões
O sorteio deste sábado (22) da Mega-Sena pode pagar até R$ 22 milhões para um ou mais acertadores que marcarem a seis dezenas premiadas do prêmio.  E...
MEC quer programa para ocupar vagas ociosas em universidades públicas
O Ministério da Educação (MEC) estuda criar ainda este ano uma nova modalidade do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), chamada Sisu Transferência, vo...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions