A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

07/12/2011 21:50

Justiça acolhe pedido de criança para tirar “ph” e devolver “y” no nome

Paulo Fernandes

Apesar de ter conquistado em primeira instância o direito de alterar o nome no registro de nascimento, o menino Cryphofer Gomes e Silva recorreu no TJ/MS (Tribunal de Justiça) e conseguiu uma nova vitória. É que o juiz em primeiro grau autorizou a correção no documento para Christopher, enquanto a retificação desejada era para Crysthofer.

Por maioria, a 5ª Turma Cível deu provimento à Apelação Cível que pede a nova correção do registro de nascimento.

Cryphofer, representado pela mãe, argumentou que está na 1ª série do ensino fundamental e já consegue escrever o nome na forma desejada: Crysthofer.

Enquanto o juiz de 1º grau entendeu que a solução para questão era retificar a grafia no idioma original, mantendo-se a pronúncia, no TJ, o entendimento vencedor, o do relator Desembargador Luiz Tadeu, foi de que “no ordenamento jurídico pátrio não há vedação à livre escolha do prenome, desde que não venha expor a pessoa ao ridículo, o que não é a hipótese”.

Câmara de Vereadores entrega meio milhão de reais em emendas parlamentares
A Câmara Municipal de Costa Rica, a 305 quilômetros de Campo Grande, realiza nesta segunda-feira (dia 11) três sessões, duas delas especiais. Às 14h ...
Município de Itaporã comemora 64 anos de emancipação neste domingo
Conhecido como Cidade do Peixe, Itaporã, distante 227 km de Campo Grande, comemora 64 anos de emancipação neste domingo (10). A prefeitura municipal ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions