ACOMPANHE-NOS    
MAIO, QUINTA  19    CAMPO GRANDE 

Cidades

Justiça bloqueia 15 contas do PCC e prende oito pessoas

Por Redação | 10/05/2010 09:55

A operação deflagrada esta manhã para combater o crime organizado já resultou na prisão de oito pessoas. Para desarticular as ações do PCC (Primeiro Comando da Capital), a Justiça decretou o bloqueio de 15 contas bancárias da facção, que de dentro dos presídios coordenava crimes.

Segundo o Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), a Justiça decretou a prisão preventiva de nove pessoas, entre elas José Claudio Arantes, líder da facção e que em 2006 liderou a rebelião na penitenciária de segurança máxima de Campo Grande, articulada com outros três presídios do Estado.

Também tiveram prisão decretada a esposa de Arantes, Ana Aparecida Pires da Silva, a filha Viviane Kelin Leite Arantes, a nora Ana Cristina Almeida Fernandes, o genro Antenor Mota de Moraes Neto, Marizete Fernandes Teixeira, Ricardo de Souza, Kelly Maciel Ribeiro, além de Solangia Silva Santos, apontada como madrinha do PCC.

A Justiça deferiu ainda mandado de busca e apreensão em quatro residências, dentre elas da advogada Rosana D'

Nos siga no Google Notícias