A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

12/09/2012 09:38

Justiça condena banco a pagar indenização de R$ 135 mil a cliente

Aline dos Santos

A Justiça condenou o Bradesco Vida e Previdência a pagar R$ 135 mil em indenizações. O cliente alegou que por diversas vezes efetuou o contrato de empréstimo do banco, que o obrigava a assinar também seguro de vida, sem repassar qualquer informação ou perguntar seu estado de saúde.

Assim, na assinatura da Cédula Rural em 5 de julho de 2010 o autor foi obrigado a assinar contrato de seguro, mas dessa vez, tendo sua esposa como a segurada, na qual figurou como beneficiário.

Em abril de 2011, ao contrair um novo empréstimo, ele foi obrigado a contratar, novamente, o seguro de vida em nome de sua esposa, que acabou falecendo em 11 de julho de 2011. Na ocasião, o cliente não conseguiu receber o prêmio do seguro contratado, pois o banco alegou que a morte de sua esposa foi decorrente de uma doença preexistente.

“Não há nos autos, qualquer elemento comprobatório da intenção da segurada ou até mesmo do requerente de omitir sua moléstia à requerida, mas, apenas, ficou comprovada a negligência desta, que, aceitou como verídico formulário preenchido, sem verificar a procedência das informações nele contidas, assumindo o risco do negócio jurídico”, afirma, na decisão, o juiz titular da 2ª Vara Cível de Campo Grande, Marcelo Câmara Rasslan.

O banco foi condenado ao pagamento dos valores da indenização prevista nas apólices do seguro, referente aos valores de R$ 45 mil e R$ 90 mil.

Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...


Banco são todos iguais, só mudou o endereço e o sistema operacional de convencional para o Informatizado. Continuam cobrando taxas indevidas, tarifas, só com outro nome, para ludibriar seus clientes mais facilmente. E os clientes caem pensando na proposta de um crédito, cartão, cheque especial etc..


Erasmo Bael Garcia.
 
Erasmo Bael Garcia em 12/09/2012 11:53:03
Achei muito bom essa decisão judicial contra o Banco Bradesco , isso vai servir de exemplo para outros bancos tomarem cuidado não empurrar seguro em seus clientes.
 
João Alves de Souza em 12/09/2012 11:40:15
A Caixa Economica faz isso direto obrigando, quem procura financiamento da caixa para imóveis, a contratar seguro pedir cartão de crédito e abrir conta.
E o quando vc se nega eles alegam que o juros ficarão maiores e que a liberação pode demorar um pouco mais.
Aliás, quase todos os bancos fazem essa venda casada de produtos.
 
Pedro Alcantara Machado em 12/09/2012 11:24:37
Bem feito para o banco, tenta o tempo todo enfiar algum seguro.
 
Ana Maria em 12/09/2012 10:35:34
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions