A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

17/10/2013 15:17

Justiça manda banco pagar R$ 8,5 mil a cliente roubado na frente de agência

Lidiane Kober

O juiz da 11ª Vara Cível de Campo Grande, José Eduardo Neder Meneghelli, condenou banco ao pagamento de R$ 8,5 mil por danos materiais e morais a um cliente, assaltado em frente à agência. A vítima alegou que o banco falhou ao repassar R$ 5 mil, sem cuidados, permitindo a visão do montante e facilitando a ação de criminosos.

No dia do assalto, o cliente foi à agência em busca de R$ 5 mil para pagar funcionário. No momento do saque em um dos caixas, ele não percebeu que foi observado por criminosos, e, ao sair do banco, indo em direção à sua motocicleta, foi surpreendido pelos assaltantes, que roubaram toda a quantia sacada.

De acordo com a vítima, não havia nenhuma divisória ou qualquer outro obstáculo físico no caixa que impedisse a visualização dos valores sacados. Para o cliente, os danos poderiam ter sido evitados se o banco tivesse mais cautela na hora de repassar o dinheiro.

No entendimento do juiz, o banco responde pelos danos causados aos clientes dentro de suas dependências e deve preservar pela segurança do consumidor, especialmente na prevenção de ações de roubo e furto, adotando um sistema apto para prevenir tais condutas e assegurar a integridade física do cliente.

Dessa forma, o magistrado considerou que a falha na prestação do serviço permitiu que terceiros tivessem conhecimento do saque realizado pelo consumidor, facilitando o roubo, o que causou um abalo psicológico, colocando em risco a vida do cliente. Por isso, ele acolheu a alegação e determinou ao banco o pagamento de R$ 5 mil por dano material e R$ 3,5 mil por dano moral.

Mega-Sena acumula e prêmio no sábado pode chegar a R$ 39 milhões
A Mega-Sena mais uma vez ficou sem vencer na noite desta quarta-feira (13) e, assim, acumulou. O prêmio pode subir para R$ 39 milhões no sorteio do p...
Chuva intensa de meteoros terá pico na madrugada de quinta-feira
A chuva de meteoros Geminídeos – uma das mais intensas e brilhantes do ano – vai ocorrer durante a noite de hoje (13) e a madrugada de amanhã (14) e ...
STF tem maioria a favor de delação negociada pela Polícia Federal
O Supremo Tribunal Federal (STF) formou hoje (13) maioria para manter a autorização legal para que a Polícia Federal (PF) possa negociar delações pre...


Que tal abrir conta salário para os funcionários e evitar sair com muito dinheiro do banco. O assalto na saída do banco não garante que o bandido viu o cliente sacar o dinheiro lá dentro.
 
Luciano Ruas em 17/10/2013 22:42:12
Olha que este Juiz iluminado deu uma ótima idéia:
Poderíamos fazer assim:
1 - Se o cidadão for roubado na frente do banco, o banco ressarci o roubado.
2 - Se o cidadão for roubado na rua, o governo ressarci o roubado.
Que acham? Idéia brilhante, a partir da decisão do grande Juiz.
 
Elviria Santos de Almeida em 17/10/2013 20:27:31
Ainda existe pessoas de bom censo neste mundo.
Parabéns a este magistrado.
 
CLAUDEMIR DA SILVA SOUZA em 17/10/2013 18:23:57
Parabéns! Só assim para os bancos aprenderem mesmo!
 
RODRIGO FERREIRA em 17/10/2013 17:58:00
Nada mais justo.
 
gislene cardoso em 17/10/2013 17:00:38
Pronto nasce mais uma jurisprudência ... cuidado ai Banqueiros!!
 
sandra lima em 17/10/2013 16:35:41
Parabéns ao iluminado Juiz José Eduardo Neder Meneghelli!

Sem mais.
 
Thiago Alves de Assis em 17/10/2013 15:59:25
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions