A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

09/08/2010 12:02

Laudo de Palomba sobre Zeolla será feito à distância

Redação

A defesa do procurador aposentado Carlos Alberto Zeolla, acusado de matar o sobrinho Cláudio Alexander Joaquim Zeolla, vai pagar hoje os honorários para que o psiquiatra forense Guido Arturo Palomba faça um novo laudo pericial sobre o procurador.

De acordo com o advogado Ricardo Trad, que atua na defesa de Zeolla, serão pagos R$ 2.500 e a previsão é que o laudo fique pronto em 15 dias. Como o escritório de Palomba fica em São Paulo, o laudo será feito com base na leitura do processo, cujos autos serão remetidos ao psiquiatra. Guido Palomba tem 30 anos de experiência e realizou mais de 10 mil laudos psiquiátricos.

Trad classifica o primeiro laudo como imprestável. "Deixaram de lado as nossas indagações e só responderam ao Ministério Público", salienta.

O primeiro laudo concluiu que o procurador é imputável, ou seja, apesar de apresentar transtorno bipolar, tem consciência sobre o ato criminoso. Zeolla foi aposentado com salário de R$ 22 mil.

Cláudio Zeolla, de 23 anos, foi morto no dia 3 de março de 2009, na rua Bahia, em Campo Grande, quando seguia para a academia de ginástica.

Câmara Federal regulamenta carreira dos agentes comunitários de saúde
Com a presença de agentes comunitários nas galerias da Câmara, os deputados federais concluíram hoje (12) a votação do projeto de lei que regulamenta...
Anvisa libera serviço de vacinação em farmácias de todo o país
Farmácias e drogarias de todo o país vão poder oferecer o serviço de vacinação a clientes. A possibilidade foi garantida em resolução aprovada hoje (...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions