A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

25/12/2009 20:25

Líder de motim e do PCC vai a júri por morte de mulher

Redação

Apontado como um dos líderes do PCC (Primeiro Comando da Capital) e da rebelião ocorrida em 2006 na Penitenciária de Segurança Máxima de Campo Grande, Edmilson dos Santos Pires vai a júri popular em janeiro por homicídio.

Edmilson é acusado de matar Maria Roseli Mendes com três tiros, no dia 27 de junho de 2005. O crime aconteceu na casa da vítima, no bairro Santa Fé. Maria Roseli foi atingida na nuca, face e pescoço.

O julgamento está marcado para o dia 28 de janeiro, a partir das 8 horas, e será presidido pelo juiz Carlos Alberto Garcete, da 1ª Vara do Tribunal do Júri.

Na época do crime, a Polícia Civil divulgou que o homicídio poderia ter ligação com o fato da vítima ter uma relação com um presidiário que havia se desentendido com o PCC.

Edmilson já foi condenado, entre outros crimes, pelo assassinato do advogado William Maksoud,

Recesso de fim de ano começa nesta semana no Judiciário e Legislativo
Na reta final de 2017, para alguns servidores a "folguinha" das festas começa mais cedo. Em orgãos Estaduais e Federais de Mato Grosso do Sul, tem re...
Curso de instrutor de trânsito do Detran oferece 50 vagas na Capital
O Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) está com inscrições abertas para o curso de Formação de Instrutor de Trânsito e...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions