A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

10/05/2013 11:39

Luiz Humberto Aspesi morre de infarto ao fazer exames médicos

Francisco Júnior
Aspesi morreu no hospital El kadri na manhã de hoje. (Foto: Divulgação)Aspesi morreu no hospital El kadri na manhã de hoje. (Foto: Divulgação)

O cerimonialista Luiz Humberto Aspesi, de 74 anos, morreu na manhã desta sexta-feira (10), no hospital El Kadri, em Campo Grande.

De acordo com informações do Cerimonial do Governo do Estado, Aspesi sofreu um infarto fulminante quando fazia um exame médico. Ainda não foi definido o local do velório e sepultamento.

Aspesi dedicou boa por de sua vida no comando do cerimonial do Governo Estadual, principalmente, durante o mandato de Wilson Barbosa Martins (PMDB).

Ele também atuou como assessor do senador Ramez Tebet. No ano de 2000, quando Ramez presidiu o Senado Federal, Aspesi foi nomeada para comandar o cerimonial do Congresso Nacional.

Além de cerimonialista, Aspesi era advogado e radialista. Por muitos anos, apresentou o programa Classe À na antiga FM Educativa (FM 104.7). Ele também atuou em outros veículos de comunicação.

Termina na 4ª feira prazo para adotar cartinha e ajudar Papai Noel dos Correios
Termina na próxima quarta-feira (dia 13) o prazo para quem quiser adotar uma cartinha do projeto Papai Noel dos Correios. Os interessados devem compa...
Câmara de Vereadores entrega meio milhão de reais em emendas parlamentares
A Câmara Municipal de Costa Rica, a 305 quilômetros de Campo Grande, realiza nesta segunda-feira (dia 11) três sessões, duas delas especiais. Às 14h ...


Com voz poderosa, Aspesi foi um dos primeiros locutores do rádio FM (Canarinho atual Mega). Profissionalmente, era um "gentleman", um exemplo a ser seguido.
 
Eder Mosciaro em 20/05/2013 06:47:06
Aspesi veio para MS com Harry Amorim Costa desde o primeiro dia de governo. Nos encontramos em Cuiabá, às vésperas da instalação de Mato Grosso do Sul, num jantar em palácio, oferecido pelo então governador do MT, Cássio Leite de Barros. Já famoso por ser locutor padrão da Voz do Brasil, competente e dedicado, conquistou tudo o que quis, dentro da ética. Naquela noite houve um programa de entrevistas com o novo governador Harry, do qual tomaram parte Pio Lopez, Elias Vieira e Guilherme Filho. E lá estava o Aspesi já pré-nomeado assessor particular do dr Harry. Deixa uma lacuna, mesmo. Durma em paz, amigo.
 
Elias Fernandez em 10/05/2013 22:18:27
perdi um grande amigo .que Deus conforte a familia
 
getulio gideão em 10/05/2013 20:28:16
PROFISSIONAL DE ESTILO ÚNICO, VOZ MARAVILHOSA, ÉTICO,GRANDE COLEGA ,APRENDI MUITO COM ELE. SAUDADES!
 
JOÃO BOSCO DE MEDEIROS em 10/05/2013 16:19:19
NA COMUNICAÇÃO ASPESI ERA GRANDIOSO, FUI SEU AMIGO E PROFESSOR DE SUA FILHA, DEIXA MUITO CEDO ESSA COMUNIDADE. .ALGUÉM JÁ DISSE: A MORTE LEVA OS BONS E OS MAUS, PORÉM OS ÚLTIMOS SEM NENHUMA PRESSA ESPECIAL.
 
ULISSES DUARTE em 10/05/2013 15:33:25
Um professional de carater invejavel .e que me ensinou muito.
 
Reinaldo Ayala em 10/05/2013 15:29:39
Vamos sentir saudades Aspezi. A comunicação perdeu um grande profissional e uma grande referência. Meus sentimentos a família. Fica com Deus.
 
Rezende Jr em 10/05/2013 14:31:22
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions