A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

09/11/2010 10:16

Mãe de Eliza Samudio viaja para acompanhar depoimentos

Redação

A mãe da modelo Eliza Samudio, Sônia Moura está em Contagem, Minas Gerais onde acompanha os depoimentos dos 3 réus do processo que investiga o desaparecimento e morte da filha.

Segundo ela, a maior conquista nesta terça-feira seria descobrir em que local foi escondido o corpo de Eliza. Sônia, que mora em Anhanduí com o neto Bruninho.

O primeiro a falar hoje foi o motorista do goleiro Bruno Fernandes, Flávio Caetano. Também serão ouvidos o amigo Wemerson Marques e o primo do jogador Sérgio Rosa Sales sejam ouvidos na sequência.

Ontem prestaram depoimento, a mulher do goleiro, Dayanne Souza, e o caseiro da chácara onde Elisa foi vista pela última vez, Elenilson Vitor da Silva.

O funcionário de Bruno disse que no primeiro depoimento dado à Polícia Civil, em Contagem, foi agredido com tapas no pescoço por um dos policiais civis e que quando foi filmado pela imprensa com um saco de plástico preto, dentro sítio, estava transportando objetos particulares porque estava indo para a casa da mãe dele.

Silva contou que não viu a mala de Eliza ser queimada dentro do sítio. Segundo ele, fraldas usadas teriam sido queimadas. Ainda de acordo com ele, a informação sobre a mala ele teria ficado sabendo por meio da imprensa.

Ele negou qualquer crime envolvendo a jovem e contou também que em momento nenhum houve uma reunião entre os réus para sequestrar e matar Eliza.

Dayane também negou qualquer participação no desaparecimento de Eliza.

Luiz Henrique Ferreira Romão -o Macarrão; Sérgio Rosa Sales; Dayanne Souza; Elenilson Vítor da Silva; Flávio Caetano; Wemerson Marques; e Fernanda Gomes de Castro respondem na Justiça por homicídio triplamente qualificado, sequestro e cárcere privado, ocultação de cadáver e corrupção de menor.

(Informações do G1)

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions