ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUARTA  23    CAMPO GRANDE 21º

Cidades

Máfia arrecadou 600 mil dólares para atentado de senador

Por Redação | 03/05/2010 18:12

Segundo reportagem do jornal paraguaio ABC Color, bandidos instalados na fronteira com o Brasil fizeram uma coleta e arrecadaram 600 mil dólares para contratar os pistoleiros responsáveis pela tentativa de execução do senador paraguaio Roberto Acevedo.

O atentado contra o senador aconteceu na segunda-feira, em Pedro Juan Caballero, na fronteira com Mato Grosso do Sul. O segurança e o motorista dele foram mortos. A polícia paraguaia prendeu quatro envolvidos no crime, todos brasileiros.

Existe informação de os traficantes da região pensam que Acevedo era informante da Senad (Secretaria Nacional Antidrogas), nas diversas operações e apreensões de drogas na fronteira. Isso seria uma das razões de ter sido atacado.

Um computador já foi apreendido na casa do traficante Carlos Caballero, o Capilo, líder do PCC no Paraguai, mas não foi divulgado o teor dos documentos encontrados nos arquivos.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário