A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

16/04/2011 16:00

Mais de 1,4 milhões de eleitores não regularizam o título e têm documento cancelado

Ricardo Campos Jr.

Terminou na quinta-feira prazo para justificar ausências

O prazo para regularizar o título de eleitor terminou na última quinta-feira e mais de 1,4 milhão de brasileiros tiveram o documento cancelado por não justificarem a falta nas últimas três eleições.

Segundo dados preliminares divulgados pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) somente 62 mil pessoas procuraram o cartório mais próximo para fazer a regularização, cujo prazo começou no último dia 9 de fevereiro.

Essas pessoas vão ter que fazer um novo título. A relação será divulgada no próximo dia 6 de maio. Os eleitores de 16 a 18 anos e com mais de 70 anos não estão nesta lista. Os portadores de deficiência física estavam isentos da regularização.

Os eleitores com título cancelado não podem tirar passaporte ou documento de identidade, receber salários se trabalhar para o poder público e obter certos tipos de empréstimos e inscrições, assumir um emprego público, se matricular em um estabelecimento de ensino público e conseguir documentos em repartições diplomáticas.

Para tirar uma nova via do documento são necessárias a carteira de identidade ou certidão de nascimento e comprovante de residência.

(Com informações da Folha On-line)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions