A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

14/05/2013 17:17

Mais de 24 mil eleitores de MS não justificam ausência de voto e perdem o título

Mariana Lopes

Com a situação eleitoral irregular, 24.189 eleitores sul-mato-grossenses tiveram o título cancelado por não terem votado, nem justificado a ausência do voto, nos três últimos pleitos. O prazo de regularização terminou no dia 25 de abril.

De acordo com o TRE (Tribunal Regional Eleitoral), dos 1.775.061 eleitores de Mato Grosso do Sul que estavam aptos a votar na última eleição, 27.992 estavam passíveis de cancelamento.

Durante a campanha de regularização, que terminou no dia 25 de abril, apenas 3.692 eleitores, ou seja, 13,189%, compareceram aos cartórios e ficaram em dia com a Justiça Eleitoral.

Em Campo Grande, de um total de 10.380 faltosos, somente 1.151 regularizaram o título, o que resultou em 9.176 cancelamentos, o que representa 88,40% dos faltosos.

Os eleitores que tiveram o título cancelado não poder retirar passaporte, obter carteira de identidade, regularizar a inscrição no CPF, tomar posse em cargos públicos, matricular-se em universidades públicas, obter empréstimos em instituições financeiras governamentais, entre outras atribuições.

Neste caso, o eleitor deve procurar um cartório eleitoral ou posto de atendimento para providenciar a reativação de sua inscrição eleitoral, a fim de que possa obter novamente o direito ao voto e participar das próximas eleições.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions