A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

01/05/2013 09:57

Maníaco da Cruz e policial divergem sobre disparo em cela de delegacia

Aline dos Santos
Jovem que cometeu crimes em série foi devolvido ao Brasil pela polícia paraguaia. (Foto: Conesul News)Jovem que cometeu crimes em série foi devolvido ao Brasil pela polícia paraguaia. (Foto: Conesul News)

O disparo ocorrido ontem na cela de Dionathan Celestrino, de 21 anos, o Maníaco da Cruz, tem duas versões. No boletim de ocorrência, o policial civil relata que foi um tiro acidental. Segundo ele, com medo do maníaco, uma pessoa perigosa, ele decidiu retirar a arma de perto da cintura e colocar atrás do corpo por questão de segurança. Neste manuseio, o revólver disparou.

Já Dionathan afirma que a intenção do policial era atirar nele. O episódio aconteceu na 2ª delegacia de Ponta Porã, onde o maníaco está detido desde segunda-feira, quando foi localizado no Paraguai.

O policial foi preso em flagrante por disparo de arma de fogo. Por se tratar de crime cuja pena é de até quatro anos, foi arbitrada fiança. Ele pagou e responderá em liberdade. Também foi aberto procedimento administrativo para que a Corregedoria apure o caso.

Na versão do policial, a cela de isolamento, onde está o maníaco, é pequena e o espaço limitado favoreceu o disparo quando tirou a arma do coldre. Nesta quarta-feira, o maníaco será transferido de Ponta Porã para Campo Grande.

O governo tenta encontrar um local para o jovem, que ficou conhecido por cometer assassinatos em série, sempre deixando os corpos da vítima em formato de cruz.

Ontem, o superintendente da Assistência Socioeducativa, Hilton Vilassanti, afirmou que 23 clínicas em São Paulo e Minas Gerais já foram consultadas, mas, ainda não responderam se aceitam Dionathan. Uma ordem judicial determina a internação compulsória.

O impasse sobre a situação de Dionathan Celestrino se arrasta desde outubro de 2011, quando venceu o prazo legal de permanência na Unei (Unidade Educacional de Internação) de Ponta Porã, fronteira com o Paraguai. Em março deste ano, o rapaz fugiu.

Ele foi localizado pela polícia paraguaia e aparentava levar uma vida normal do outro lado da fronteira. Dionathan Celestrino estudava e trabalhava. Ele estava ilegal por não ter o documento conhecido como “permisó”.

Em entrevista jornal paraguaio Amambay Noticias, o maníaco mudou a versão para os três assassinatos. Segundo ele, as mortes não foram com base em um julgamento moral de quem deveria morrer ou viver, mas crimes de pistolagem. “Recebia de uma pessoa que era minha amiga. Eu era pistoleiro”, relatou.

Assassino em série - O primeiro a morrer foi o pedreiro Catalino Gardena, que era alcoólatra. O crime foi em 2 de julho de 2008. A segunda vítima foi a frentista homossexual Letícia Neves de Oliveira, encontrada morta em um túmulo de cemitério, no dia 24 de agosto.

A terceira e última vítima foi Gleice Kelly da Silva, de 13 anos, encontrada morta seminua em uma obra, no dia 3 de outubro. Dionathan foi apreendido em 9 de outubro, seis dias após o último assassinato.



Gaspar Sousa e Marcos Morel,faço minhas as suas palavras,agora penso ,como acreditar na justiça se quando um policial faz jus a sua farda,ainda tem que pagar fiança para não ficar preso,agora só faltam dizer que esse maniaco do diabo é um santo,esse cara tem que ficar preso a sete chaves sem direito a nadaXnada,,quantas familias ele deichou chorando?muita gente tem vontade de puxar um gatilho sem errar na cabeça desse inutil,peão do satanas.
 
Lucas da Silva em 02/05/2013 10:14:56
O policial idiota!!! prq num falou que foi legitima defesa e pronto!!!
 
Lucas Souza em 02/05/2013 08:58:17
Se o policial tentou matar este monstro mesmo, ele deveria mesmo era ganhar uma medalha e não ser preso.
 
Claudemir farias em 02/05/2013 08:40:31
Conconcordo plenamente com o Sr. Gaspar. Pow errar esse tiro ? Não tem desculpa esse assassino deveria ter sido abatido repito abatido igual a um animal la no Paraguai mesmo. Ta com dó ? Leva pra sua casa e cuida dele, porque que ta pagando a comida a agua e a estadia dele somo nos. Temos que parar de hipocrisia e se alguem do dito Direitos Humanos quizer se pronunciar, que primeiro fale com uma das familias das vitimas deste vagabundo ai. E ainda fica na midia dando uma de coitado, esse cara deveria "sumir" do mapa, e esquecer o assunto.
 
Jose Batista em 02/05/2013 08:16:53
A cada dia que passa eu fico mais INDIGNADA com a cegueira da justiça, agora brasileiros vamos analisar os fatos...
o bandido, mata 3 pessoas totalmente inocentes, e através de textos escritos pelo próprio maníaco percebe-se que ele estava planejando que mais sangue inocente fosse derramado, certo?
Ai, com um "grande custo" ele foi preso, porém o policial que certamente temia por sua vida dispara um tiro que não o acerta (INFELIZMENTE) e é imediatamente condenado por isso?
Não, eu devo ter entendido errado...
 
kiara silva em 02/05/2013 08:14:36
Pena que o policial não acertou nesse verme!!
 
Valéria P Souza em 02/05/2013 08:12:47
Tudo que eu ia dizer aqui o colega Alex Souza já escreveu.......!!!!!
 
Francisco Oliveira em 02/05/2013 07:24:42
Concordo com Marcos Morel e acredito que o senhor carlos alberto e o senhor roberto ferreira filho deva ser desses inconsequentes dos direitos humanos que tao sempre "dando" mole pra bandido, desses que nunca vao saber ou tomar conhecimentos do sofrimento ou ate mesmo da necessidade que as vitimas e seus familiares passam. Mas estao sempre de prontidao misericordiosa pra defender bandidos. Tempestade em copo da agua o que estao fazendo com o policial. Se ele tivesse liquidado a fatura logo seria ate menos dor-de-cabeca pra ele e sossego/seguranca pra sociedade.
 
Valdecir Zaniboni em 02/05/2013 00:15:52
Dentro de presídio só tem inocente, pergunte a eles o que fizeram, nunca fazem nada...ah, me poupe.
Criticar a polícia é fácil, vá fazer seu trabalho pelo menos um dia nessas delegacias sem estruturas...Quanto a versão do "anjo" é lógico que é vítima, aliás sempre são.
Não sei qual a patologia desse assassino, mas se for ESQUIZOFRENIA (nem todos esquizofrenico são asassinos). Já com esse cara, todo cuidado ainda será pouco, por tratar-se de uma mente perigosa, com histórico de homicídio. Mas se for PSICOPATIA desconheço tratamento, se deixar solto vai matar mesmo. Nunca esqueçam que psicopatas são : inteligentes, dissimulados, sedutores...qualquer pessoa sem habilidade com esse tipo de gente, pode encantar-se achando que é bonzinho e dispensa perigo.
Correta toda preocupação do governo
 
Neyde de Oliveira em 01/05/2013 23:41:19
Se a versão do policial fosse assim : "esse maníaco me agarrou por trás, tentou me beijar e tomar minha arma, eu para me defender disparei um tiro"; Ai a situação estaria mais confortável prá ele, como nas novelas. Vocês não acham?
 
Ivo Lemes em 01/05/2013 21:42:24
Será que as pessoas que estão defendendo esse assasino (monstro) iria fazer um discurso com palavras tão bem colocadas e "comoventes" ao lado do caixão de um amigo ou parente que o mesmo perdesse nas mãos desse assassino? Para de tanta hipocresia!!!!!!
 
Alcione Menezes de Souza em 01/05/2013 21:32:34
Quem acredita nisso? Quando o estado não consegue resolver, a morte resolve? Absurdo!!!
 
Elinete Ricartes em 01/05/2013 21:26:49
que pena que esse policial errou o tiro,deveria ser na cara desse marginal,infelizmente vivemos no mundo em que trabalhador tem que ser tratado como marginal,e marginal como coitadinho......
 
flavio junio martins antunes em 01/05/2013 21:09:01
Quem tera sido o "ILUMINADO" que vazou essa informação...? Isso não era pra ter sido noticiado, o que acontece dentro de uma delegacia, tem que ficar dentro da delegacia para o bem da sociedade, agora fica essa discussão em favor de um marginal, e a sociedade vagar o preço. No interior do Estado, as delegacias estão sem Policiais, não tem Delegado, Investigadores, Escrivâes. Fica apenas um Policial pra cuidar da Delegacia e ainda cuidam de presos, um só pra cuidar de tudo, tem que ter medo sim!!! E a corregedoria não faz nada por esses Policiais, ficam esperando acontecer alguma coisa, pra depois ferrar o coitado!!!
 
Marcos Silva em 01/05/2013 20:37:21
Vai ser ruim de pontaria assim na.....
 
Rosangela Mello em 01/05/2013 20:11:42
Quem se importa se foi acidental ou não? O que importa é porque não acertou serial killer na testa! O policial deve ser preso não por ter feito o disparo e sim por não ter acertado o mesmo e livrado a sociedade de um fardo, que só tras o mau e vive do nosso imposto! Criminoso preso tem de pagar pelo crime e pelos custos de sua prisão, apreenção e danos as vítimas e não ficar dormindo e comendo as nossas custas. VERGONHA como nossos governantes tratam o criminosos de forma diferenciada com todos seus direitos seguidos corretamente e nós cidadãos do bem não temos o nosso e ainda pagamos pelos deles. ACORDA POVÃO!
 
Alexandre de Souza em 01/05/2013 19:40:17
Entrega ele para os Direitos humanos!! Com certeza devem saber o que fazer com ele!
 
Marluce Lira em 01/05/2013 17:51:33
acho que esse cara tem morrer igual...as vitimas que ele fez.....pois quando ele matou suas vitimas ele não pensou nas suas familias.....prissão perpetua ou pena de morte pra esse bandido...não quero gastar meu suado dinheiro com esse porcaria...
 
antonio avelino em 01/05/2013 17:10:31
o cara não é considerado como louco ,não deveriamos acreditar nele, ele pra mim é um criminoso que se esconde atras da das leis brasileiras , nessas horas da vergonha de ser brasileiro
 
alexandro menezes em 01/05/2013 15:23:06
Sucessão de erros e de absurdos! Se vivemos, e vivemos, em um Estado Democrático de Direito, a ninguém - e não adianta "berrar a plenos pulmões" em sentido contrário - é dado o direito de se "vingar", de fazer justiça com as próprias mãos, menos ainda um agente policial que presta compromisso de cumprir as Leis!! O grande problema neste caso é que o Estado de MS mostrou sua incompetência e despreparo para lidar com essa situação.. Não tem cabimento que quase 5 anos após os fatos não tenha conseguido encontrar uma, UMA vaga para tratar o rapaz da patologia que tem, pondo em risco, inclusive, a própria sociedade.. Pergunto: e em havendo casos semelhantes, como o Estado agirá? E porque o rapaz foi levado à Delegacia de Polícia se não existe ordem de prisão alguma contra ele??
 
Roberto Ferreira Filho em 01/05/2013 13:10:37
Tudo que eu iria dizer aqui o colega Carlos Alberto já escreveu!
 
Marcos Santos em 01/05/2013 12:25:09
Engraçado! O tempo passa e as delegacias continuam sendo o “estepe” da justiça e dos governantes. Ninguém aceita ficar com o “temido” maníaco, então manda pra delegacia que a Polícia Civil cuida... No interior num tem lugar para manter adolescente apreendido, aí então é só mandar pra delegacia que a Polícia Civil ganhar muito bem para cuidar deles também. Parabéns a todos nós.
 
Ronaldo Regis em 01/05/2013 12:24:01
Senhor Carlos Alberto, ainda bem que nao sou de sua força. Corporativismo " Zero" alem do mais, faz quanto tempo que o senhor nao fica Cara a Cara com um bandido??? o Senhor com toda Certeza deve Ser " Papa Mike" Policia Militar, administrativo ou aposentado, e se esqueceu que somos Agente de segurança ( Com coração, sentimentos) enfim somos humanos. essas palavras " Que eu saiba existe um protocolo que fala sobre isso e que é passado na ACADEPOL no ato do curso de formação" deve servir para ilustrar Formaçao, mais no dia a dia esse tal de Protocolo nao é facil de ser aplicado. Esses policiais arriscam a vida dentro e fora da delegacia. Policiais Civis ou Militares de nosso estado "são Heróis". Aproveita que o senhor esta lendo esse comentario, e regula o AR CONDICINADO DA SUA SALA.
 
alex souza em 01/05/2013 12:22:40
Esse policial tem que ficar é preso, ele não pode nem pagar fiança, onde já se viu em uma cela junto com um bandido como esse e errar o tiro, vai ser incompetente assim lá longe... e o srs que estão defendendo esse cidadão, como o sr. Carlos Alberto que se identifica como policial, onde o sr. estava quando ele fez suas vitimas?
 
Gaspar Souza em 01/05/2013 11:42:24
Que pena esse tiro foi um tiro acidental.
Pela maravilhosa justiça brasileira o policia ainda deve que pagar fiança.
Vamos acorda brasil esse maniaco merece a unica pena a MORTE.
Um profissional da Segurança publica que faz um juramento em SERVIR E PROTEGER,
O próprio estado não lhe oferece segurança, salario retículos, sem condições de trabalho ainda tem que comprar sua própria arma e uniforme....
Tem que cruzar as mãos mesmo fazer GREVE.
Manda esse maniaco FDP, para a casa do governador Andre puccinelle ou para Direitos Humanos e coloca a Mãe deles para cuidar.
Alguém viu ou sabe se o Direitos Humanos ou governo foi visitar alguma família vitima de FDP desse maniaco ?
 
Marcos Morel em 01/05/2013 11:20:58
Eu tentei me conter mas tive que enviar este comentário.
Só há uma coisa dizer para este "papa charlie" (policial civil):
- Se o senhor não tivesse com o dedo no gatilho e tivesse um mínimo de técnica policial esse fato não teria ocorrido, não adianta alegar disparo acidental pois nós policiais sabemos que tal fato só ocorre por imperícia, imprudência ou negligência.
E dizer que estava apreensivo com o preso por ser perigoso, ah meu caro, essa não cola!! Cadê o procedimento de segurança para movimentação de preso dentro da cela? Que eu saiba existe um protocolo que fala sobre isso e que é passado na ACADEPOL no ato do curso de formação.
Faltou mesmo foi profissionalismo da sua parte. Me desculpe mas policial não pode alegar "medo".
 
Carlos Alberto em 01/05/2013 11:18:20
Pow meu um cara de 21 anos fazendo um monte de gente ter medo dele,que isso em não dá nem pra acreditar nisso...Isso é uma vergonha .
 
Rafael da silva em 01/05/2013 10:32:30
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions