A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

22/12/2014 21:30

Mato Grosso e Brasília tem as escolas com piores notas avaliadas pelo Enem

Vania Galceran

As notas do Exame Nacional do Ensino Médio de 2013 (Enem 2013) por escola já estão disponíveis para acesso na internet. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa Educacionais Anísio Teixeira (Inep) publicou na tarde desta segunda-feira os resultados dos testes do ano passado em sua página.

Os indicadores são divididos pelo segundo ano consecutivo em “Linguagens e Códigos”, “Redação”, “Matemática”, “Ciências Humanas” e “Ciências da Natureza”, sem dizer a média geral das instituições de ensino.
A novidade neste ano é a inclusão de dois novos dados: o índice socioeconômico (INSE) e o dado sobre formação dos docentes das escolas avaliadas.

O INSE é a média do nível socioeconômico dos seus alunos, distribuído em sete níveis - sendo ‘7’ o mais alto. A soma dessa medida foi feito a partir das informações dadas pelos alunos no preenchimento do questionário.
Já o indicador de docentes, mostra a proporção de professores de cada escola que leciona no ensino médio e possui a formação adequada, dentro dos termos da lei.

Os dados deste índice são fornecidos pela própria unidade de ensino, por meio do Censo Escolar da Educação Básica.
Ao todo, 14.717 escolas participaram da análise do Inep. Os dados são calculados para estabelecimentos de ensino que tenham, no mínimo, dez alunos matriculados no 3º ano do ensino médio e 50% deles alunos participantes do Enem.


Melhores e piores notas- Entre as escolas de mais destaque apontado pelo Inep, o Colégio Objetivo Integrado de São Paulo domina em três categorias: Linguagens e Código, com a média de 658,29; Ciências Humanas, com um índice de 738,79; e Ciências da Natureza, com a média de 734,03.

Quando a matéria é matemática, a escola do Rio de Janeiro, Colégio e Curso Ponto de Ensino aparece na liderança com uma média de 868,33. E de Belo Horizonte, o Coleguium conseguiu a nota mais alta em redação, com um índice de 869,00.

Entre as piores escolas avaliadas, a CED 04 de Brazlândia (DF) aparece com uma nota de 382,43 em Ciência da Natureza. A escola estadual do Mato Grosso, EE Henrique José Trindade obteve a pior média em Ciências Humanas, 384,74. Outra escola estadual do Mato Grosso, a EE Benedita Augusta Lemes teve a pior média em matemática, 382,61.

De Minas Gerais, a Escola Estadual Rui Barbosa teve a pior nota em redação, com uma média de 196,67.
Fato irônico ou não, a personalidade que dá nome a instituição de ensino mineira foi um dos principais escritores do Brasil no século XIX e começo do século XX, além de ter atuado como jurista, político e diplomata.
Por fim, a CE Aluízio Azevedo – Anexo Cachimbos, do Maranhão, teve a menor média em Linguagens e Códigos (365,77).

 

Curso de instrutor de trânsito do Detran oferece 50 vagas na Capital
O Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) está com inscrições abertas para o curso de Formação de Instrutor de Trânsito e...
Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions