A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 20 de Abril de 2018

08/10/2017 19:16

MEC autoriza cursos em 'serviços jurídicos' e OAB recorre à Justiça

Nyelder Rodrigues

Após o MEC (Ministério da Educação) autorizar a implantação de cursos técnicos e tecnólogos em serviços jurídicos no Brasil, a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) anunciou que vai recorrer à Justiça para tentar barrar a medida. A entidade também afirma que o ministério promove uma mercantilização da educação.

"Há anos o MEC vem liberando de maneira arbitrária o funcionamento de faculdades caça-níqueis, que não têm condição de formar profissionais qualificados e vendem a ideia de uma carreira de nível superior", frisa o presidente nacional da OAB, Claudio Lamachia, que completa a critíca destacando danos aos alunos.

"É possível dizer, com segurança, que os técnicos formados serão lesados, uma vez que não há mercado para absorver a mão de obra com essa formação”, comenta Lamachia, dizendo ainda que o Governo Federal usa da educação "como moeda de troca para agradar empresários ou políticos".

Para o presidente da OAB, tratar a educação como mercadoria significa rebaixar os padrões morais da sociedade a um nível muito baixo, sendo urgente se perguntar a quem serve a distribuição de diplomas e títulos de profissões que não existem.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions