A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

17/05/2013 09:08

Médicos farão passeata para cobrar exame para profissionais estrangeiros

Nadyenka Castro

Médicos e estudantes de Medicina de todo o País fazem no próximo dia 25 uma passeata em prol do exame para profissionais formados em outros países. Em Campo Grande, a concentração será às 9 horas, na Praça do Rádio Clube.

“Nosso intuito é chamar a atenção da sociedade para o que estão querendo fazer com saúde em nosso país. Queremos apenas que os estrangeiros façam os exames com os mesmo critérios que fazemos, e se eles passarem é justo e devido que exerçam suas atividades aqui, mas o contrário disso é desrespeito e falta de compromisso com a saúde da população”, diz Marco Antônio Leite, presidente do Sindicato dos Médicos.

Os médicos dizem que não são contra a atuação dos médicos ‘estrangeiros’ no Brasil, mas querem que eles passem por avaliação, neste caso o Revalida – exame de revalidação do diploma.

“Achamos justa a vinda de profissionais da área de saúde para o Brasil, desde que façam o exame de revalidação de diplomas. O que não é justo é termos profissionais atuando em nosso país sem que passem pelos mesmos critérios técnicos que nós passamos”, diz o presidente do Sinmed-MS, Marco Antônio Leite.

Ele ainda acrescenta, “queremos saúde de qualidade para as pessoas, o que falta é estrutura adequada e não médicos. Você pode ter o melhor médico para trabalhar, mas se ele não tiver o suporte necessário, ele desenvolverá um trabalho comprometido”, finaliza.

A manifestação ficou definida em reunião entre diretores do Sindicato, com CRM-MS (Conselho Regional de Medicina), AMMS (Associação Médica) e diretórios acadêmicos do curso de Medicina das universidades: UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) e Anhanguera-Uniderp.

Governo altera datas de teste físico de concurso da Polícia Civil
Foram alteradas as datas para realização da avaliação de aptidão física dos candidatos que continuam a participar do conurso público para escrivão e ...
Mega-Sena acumula e prêmio no sábado pode chegar a R$ 39 milhões
A Mega-Sena mais uma vez ficou sem vencer na noite desta quarta-feira (13) e, assim, acumulou. O prêmio pode subir para R$ 39 milhões no sorteio do p...


Ao meu ver todos os cursos de nível superior existentes no Brasil, os alunos deveriam após a conclusão do curso para exercer a profissão passar por uma prova para demonstrar que estão aptos a exercer tal profissão, fica injusto apenas o curso de direito ter a prova da ordem, médicos que mexem com a "vida" saem de suas faculdades e ja podem ir atender podendo matar ou deixar sequelas terríveis em pessoas inocentes depois disso apenas dizem ser um simples erro medico...
 
Carlos Alexandre Barbosa em 17/05/2013 10:46:59
Parabens pela iniciativa de cobrarem exames para os estrangeiros, MAIS VOCEIS MEDICOS DEVEM TAMBEM FAZER O TAL EXAMES, SABEDORES DE QUE O EXAME E EXTREMAMENTE DIFICIL, QUE APENAS 3% PASSAM NO REFERIDO EXAME. pq cobrar dos outros de se voces mesmos nao sao capazes de passar..!!!!!!!!!!!!!!!
 
cleiton franca em 17/05/2013 10:41:09
Penso que todo médico ao sair da faculdade deve passar por uma prova de avaliação a exemplo da OAB, ainda mais os que tiveram formação em outro país que não se sabe como foi, mas sou a favor que venham, pois irão com certeza atender o SUS, nos postos de Saúde onde os médicos daqui não querem atender e qdo atendem atendem mal.Os bons não devem se preocupar, pois os estrangeiros irão preencher apenas os lugares que estão vagos, os médico brasileiros são bem formados e certamente não perderão seus lugares, penso que esta concorrencia irá melhor e a poppulação terá um melhor atendimento.
 
sonia honorato em 17/05/2013 10:23:35
ja que os medicos brasileiros nao querem ir pro interior , e nem pra regioes centro oeste, norte e nordeste e nao querem trabalhar por 8 a 13 mil ou ate 15 mil reais pois acham pouco salario, vai ver o salario de um enfermeiro que estudou tambem 5 anos fez faculdade, um dentista tambem nao passa dos 5 mil reais e olha la.. aprovo os medicos de cuba virem ao brasil sim , assim como campo grande tem medicos que trabalham uma vez por semana no sus e ainda meio periodo medico concursado, garanto e os cubanos iriam trabalha mais cuba e referencia em saude, e outra sou a favor da presidente Dilma que quer autorizar os medicos bolivianos ou melhores brasileiros que estudam na bolivia poderem trabalhar no brasil medicina na bolicia custa em medica 700 reais , odontologia 400reais e no brasil caro
 
joao da silva em 17/05/2013 10:02:53
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions