A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 19 de Abril de 2018

29/09/2017 10:08

Meta é dobrar rede de esgoto, diz secretário durante lançamento de obras

Empresa que opera redes de água e esgoto em 68 cidades e governo lançam pacote de R$ 67,8 milhões nesta sexta-feira

Anahi Zurutuza e Leonardo Rocha
Máquinas estacionadas no pátio da Sanesul para a entrega (Foto: Leonardo Rocha)Máquinas estacionadas no pátio da Sanesul para a entrega (Foto: Leonardo Rocha)

A meta do Governo do Estado para a Sanesul é dobrar o sistema de saneamento nas 68 das 79 cidades de Mato Grosso do Sul onde a empresa opera a rede de abastecimento de água e tratamento de esgoto. Para atingir o objetivo, de acordo com o secretário de Estado de Infraestrutura, Marcelo Miglioli, o pacote de R$ 67,8 milhões em obras e equipamentos, lançado na manhã desta sexta-feira (29), será parte dos investimentos necessários.

O secretário destacou ainda, durante a cerimônia de lançamento do pacote, que a Sanesul trabalhará não só para ampliar o tratamento de esgoto, mas também garantir o abastecimento dos municípios do Estado pelos próximos 20, 30 anos. “O equipamentos vão melhorar muito o atendimento à população e as obras farão o saneamento chegar a um maior numero de pessoas”, afirmou.

De acordo com a concessionária, 90% dos recursos reservados para este mais novo pacote de investimentos são próprios da Sanesul, mas há também contribuições dos cofres do Estado e federal. “O governo quer ser o que mais investiu em agua e esgoto na história de Mato Grosso do Sul”, ressaltou Miglioli.

Antes do lançamento, o diretor-presidente da Sanesul, Luiz Carlos da Rocha Lima, destacou alguns pontos do projeto, como a construção de uma ETE (Estação de Tratamento de Esgoto) em Ivinhema – cidade a 282 km de Campo Grande –, onde o tratamento de água já utilizada para descarte “era zero”.

“Este pacote vai ajudar muitos municípios que vão receber obras. Já os equipamentos e veículos vão ajudar a dar mais agilidade na operação dos sistemas de água e esgoto”, afirmou Luiz Rocha.

 

Secretário Marcelo Miglioli em entrevista (Foto: Leonardo Rocha)Secretário Marcelo Miglioli em entrevista (Foto: Leonardo Rocha)

Pacote – Nesta manhã, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e a direção da Sanesul entregam seis caminhões e uma van, adquiridos por R$ 3,7 milhões, dentre outras máquinas e veículos.

Também será autorizado o início das obras de pavimentação de 3 mil m² do pátio do Complexo Operacional da Sanesul na Capital, cujo valor é de R$ 180 mil e para compra de 15 caminhões basculantes com carrocerias, por R$ 2,3 milhões.

O governador também vai assinar ordens de serviços e autorizar abertura de licitação para obras de ampliação do sistema de abastecimento de água e esgotamento sanitário em 23 cidades: Aquidauana, Bonito, Camapuã, Chapadão do Sul, Corumbá, Coxim, Dourados, Guia Lopes da Laguna, Itaporã, Ivinhema, Jardim, Laguna Caarapã, Maracaju, Mundo Novo, Naviraí, Nova Andradina, Paranaíba, Ponta Porã, Porto Murtinho, Rio Brilhante, Santa Rita do Pardo, Sidrolândia e Três Lagoas.

No início da manhã, a assessoria de imprensa do Governo do Estado havia informa que o pacote era de R$ 66 milhões no total, valos que foi corrigido mais tarde para R$ 67,8 milhões.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions